9 de agosto de 2009

-LUTO-

Autor: Felipe Simonetti
E-mail: nossofutebolfc@gmail.com
Twitter: twitter.com/felipesimonetti

O futebol está muito triste. Mas não é em relação a dinheiro, manipulação, roubo, mas sim ao falecimento de jogadores, que muitas vezes jogam em condições precárias. A vítima de agora foi o capitão assumido recentemente Dani Jarque, jogador do Espanyol. Dani faleceu na Itália, onde o clube realizava sua pré-temporada, no hotel onde estavam concentrados é que aconteceu a tragédia.

O time desceu para jantar, mas sentiram a falta de Dani, seu companheiro de quarto foi ao quarto o chamar, mas o encontrou inconsciente. O levaram rapidamente ao hospital, tentaram o reanimar, mas nada adiantou e Jarque faleceu ali mesmo.

Por causa da tragédia o Espanyol cancelou toda a sua pré-temporada. Jarque tinha assumido a braçadeira de capitão neste ano, quando a recebeu de Tamudo.

O pior é que mesmo os médicos sabendo disso muitas vezes deixam o jogador continuar jogando. Um exemplo disso é o jogador do São Paulo, Washington que sofre de um problema no coração. Chegou até a sair uma matéria na revistas Placar falando sobre os riscos de Washington. Sou são-paulino e prefiro tirar Washington do time do que ele acabar morrendo em campo. O Coração Valente(Washignton) tem que tomar cuidado, por que se não pode acabar acontecendo algo de ruim com ele, o que não queremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário