30 de abril de 2011

Graças a Muricy

FOTO - Reuters
Hoje foi um dia difícil! Ver o meu São Paulo perder para o Santos em pleno Morumbi, em um jogo que o tricolor dominou no primeiro tempo e levou pressão no segundo. Não da para vencer sempre, o triste é ver um time que foi o melhor da competição cair; mas é assim, Elano e Ganso marcaram e garantiram o 2-0 do Peixe sobre o tricolor do Morumbi.

Marlos, Dagoberto, Ilsinho, Carlinhos e Jean comandaram o primeiro tempo do São Paulo, chegando bem, apesar de chutar pouco. Perderam muitos gols, principalmente Jean. Xandão e Miranda conseguiram anular bem Neymar e Ganso respectivamente.

Na segunda etapa o melhor técnico do Brasil, Muricy Ramalho tirou Zé Eduardo e colocou Bruno Aguiar, deixando Elano e Ganso mas ofensivos e prendendo mais a bola no pé alvinegro, além de reforçar a defesa com 3 zagueiros. Em um contra-ataque, e uma bola perfeita cruzada na área tricolor, Elano marcou de cabeça, Juan até tentou evitar, mas não conseguiu. Não muito tempo depois Ganso deu um passe espetacular para Neymar que dentro da área rolou para o camisa 10 marcar o 2-0.

No fim do jogo Elano ainda chegou a sentir a coxa, o que poderia ser grave, mas no final o próprio meia disse que não é nada sério.

Digo que esta vitória foi graças a Muricy, não exclusivamente, já que os jogadores atenderam rapidamente a mudança tática feita pelo técnico. Parabéns Santos, que agora aguarda o vencedor de Palmeiras e Corinthians, amanhã no Pacaembu as 16h00.

Espero uma vitória alvi-verde do Campeonato Paulista, pois ver quem nos eliminou ser campeão é dureza; e ver o Corinthians (nossa maior rival) levantar o caneco também não é mole!

29 de abril de 2011

Podcast #2

Depois de um bom tempo o podcast está de volta, eu e Felipe Ferreira gravamos após diversas adversidades. O tema discutido foi o de jogadores "bad boys", como por exemplo: Carlos Alberto, Fábio Santos, Jóbson... além de citarmos a Europa League, Libertadores, Champions League e Copa do Brasil; demos também nossos palpites para o Paulistão e o Cariocão.



O que acharam? Deixe seu comentário na página oficial do blog no Facebook, ou aqui mesmo!

28 de abril de 2011

Isso é zaga de time grande!

Foto - Terra.com.br
Desculpem-me os torcedores do Goiás, mas hoje não posso mais considerar o Esmeraldino como um clube grande. Apesar de ano passado ter sido o vice-campeão da Sul-Americana, o clube foi rebaixado no Brasileirão. O futebol demonstrado pelo clube não é nada grande; perdeu seus principais jogadores que deram show no final do ano passado, mas sua zaga é de time grande!


Observei ontem, no confronto contra o São Paulo, a belíssima atuação da zaga verde. O gol do São Paulo inclusive saiu em uma falha dela, quando um jogador (não me recordo quem) escorregou e deixou a defesa aberta; porém não nego-me a dizer que Rafael Tolói (principalmente) e Ernando deveriam estar em grandes times brasileiros ou em times da Europa.

Tolói é o melhor dos dois, mostrou (e vinha mostrando nos anos anteriores) um futebol determinado e desarmes eficientes. Não é muito de cometer faltar e ao lado de Ernando salvou o Goiás de resultado pior.

Em busca de um zagueiro? Vá no Goiás, pois lá existem excelentes jogadores!

27 de abril de 2011

Prêmio TopBlog 2011

Assim como nos dois últimos anos, o Nosso Futebol FC participará do concurso TopBlog. Em 2009 o blog conseguiu ficar entre os 100 melhores, graças a ajuda de seus leitores. Em 2010, a campanha foi pior e nem entre os 100 ficamos. Mas vi minhas falhas; me voltava demais para notícia e pouco para a opinião.

Espero este ano ir melhor e junto com vocês, quem sabe faturar o prêmio. A votação do juri popular inicia-se no dia 20 de maio e gostaria muito de que acessem a página do blog no concurso e votassem; para isso é fácil; é só clicar no banner do concurso na barra lateral do blog que será direcionado para a página da votação.

Conto com seu voto!

Com cara de derby


Isso sim é um derby de verdade. Barcelona e Real Madrid realizaram um jogo de dar gosto de se ver. Ambos os times estavam organizados; cada um de sua forma; o Barça em um 4-3-3 e o Real em praticamente um 4-5-1, aonde Cristiano Ronaldo apesar de atacante, recuava bastante. Os blaugranos estão virtualmente classificados já que venceram este duelo por 2-0, e jogam a volta no Camp Nou.

O Barça jogou com seu clássico esquema, porém está sem seus laterais-esquerdos (Abidal, Maxwell e Adriano), lesionados, jogando assim com Busquets de zagueiro (no início), já que Guardiola queria uma zaga alta para reter os ataques aéreos, em seguida Mascherano trocou de posição, e o capitão Puyol na lateral-esquerda. Xavi e Keita organizam o jogo e Messi, Villa, Pedro e Dani Alves garantem velocidade.

Falha minha: Iniesta não jogou, estava machucado, Keita o substituiu.
O Real jogava organizado com um meio formado por Pepe (quase de zagueiro), Diarra, Xabi Alonso, Özil e Di María, além de Cristiano Ronaldo movimentando-se bastante no ataque. O forte do Real eram as jogadas aéreas, mas assutou apenas com um chute de longe de Ronaldo; no rebote Di María poderia marcar, mas estava impedido, porém mesmo assim Valdés fez grande defesa.

O jogo seguia um ritmo ditado pelo Barcelona que teve mais de 70% de posse da bola durante o jogo, com mais de 500 passes certos (enquanto os galáticos tinham cerca de 200). O jogo pegava fogo a cada falta mais forte, e o juiz inexperiente apitou mal sobre pressão. Pepe foi expulso no segundo tempo, após falta muito dura em Dani Alves, logo, Messi teve mais oportunidades, já que perdeu seu marcador.

O Barça chegava, mas chutes perigosos não saiam. O jogo foi mudar na entrada de Afellay que em seus primeiros lances levou para cima de Marcelo, que vacilou, e deixou o camisa 20 passar; ele rolou e Messi fez 1-0. O segundo não demorou para sair e neste gol, pode-se dizer que foi de Messi. O camisa 10 fez fila e arrematou para o fundo do gol, fechando o jogo em 2-0.

Ainda teremos o 2° jogo, mas acredito que a classificação não deve sair das mãos do Barcelona. A volta será no estádio Camp Nou, Barcelona, no dia 03 de maio, as 15h45.

26 de abril de 2011

Tempo dividido

Podem reparar que os posts não seguem o ritmo de antigamente, caíram bruscamente. Mas não foi por preguiça, ou outro motivo neste mesmo lado, estou com um projeto de desenhar todas as camisas de todas as Copas do Mundo, ao lado do Rui (Football Colours) e do Adelson (Inter Kits). Desenhar camisas me gastam um  bom tempo do dia, portanto venho ficando sem tempo para o NF; mas não se preocupem, pois tentarei equilibrar os dois.

As postagens das camisas dos Mundiais já começaram, o blog é o Camisas da Copa, acessem, comentem e divulguem, pois o projeto promete!

"A queda do muro"

Não há um título melhor do que o usado pelo portal virtual do Globo Esporte para expressar o que ocorreu no jogo entre Schalke 04 e Manchester United, válido pelas semi-finais da Champions League. Esperávamos um encontro entre Rooney e Raúl, mas o que vimos foram os Red Devils partindo para cima do "muro" Neuer.


No início do jogo vimos um Schalke pra frente, assim como nas partidas contra a Internazionale. Chegava para fazer o gol, mas caiu de produção; Papadopoulos falhou muito e abriu brechas para o Manchester pressionar. Os vermelhos, que não são bobos, foram com força pra cima e poderiam ter marcado com Chicharito que preferiu passar para Rooney, que foi desarmado.

Os Azuis Reais (le-se Neuer) conseguiram segurar até os 21' do segundo tempo. Neste minuto o experiente Giggs marcou e derrubou o "muro" Neuer, que foi destaque na Copa do Mundo e na partida. Apenas dois minutos depois Rooney marcou deixando-me mais decepsionado com o Schalke. O 2-0, apesar de parecer pouco, foi demais! Na Arena Auf Schalke o clube da casa perdeu, e terá que vencer por pelo menos 2-0 no Old Trafford para não ser eliminado nos 90 minutos.

Neuer mandou no jogo, ou melhor, defendeu muito, pois quem mandou foi Rooney, Giggs, Park, Chicharito e companhia. Lamento muito por ver um time bom como o Schalke virtualmente eliminado. Nunca fui muito com a cara do United. Sou suspeito para dizer, já que sou torcedor do Chelsea, mas não sei porque não gosto do Manchester; gosto do Liverpool e do Arsenal, mas do Manchester não. Admito que um belo futebol é jogado, mas não me convence.

Os schalkers podem ter pensado que não foi desta vez, e que ano que vem tem mais; porém não penso assim. Neuer está negociado com o Bayern (li por aí, mas acredito que ainda possa ir para o próprio Manchester United) e sem o "muro" acho difícil o clube de Farfán e Raúl ir as semi da UCL novamente.

24 de abril de 2011

Destaques da semana

Tentarei todo domingo postar dois ou três destaques da semana anterior. E começarei logo hoje; confira:

O Fluminense venceu com muita raça o Argentinos Juniors e depois de ser "eliminado", pelos matemáticos, conseguiu se classificar para as oitavas-de-final, devido uma uma combinação de resultados, aonde enfrentará o Libertad, do Paraguai.

Kaká, apesar de grande jogador, não vinha jogando nada bem - devido a uma pubalgia -, porém desencantou de vez marcando dois gols e dando duas assistências no brigado jogo entre Real Madrid e Valencia, que terminou em 6-3 para os merengues.

Outro jogador que desencantou foi Fernando Torres que ajudou o Chelsea na vitória por 3-0 contra o West Ham, marcando um dos gols. O espanhol custou muito caro aos Blues e já estava enfurecendo a torcida, logo que nunca havia marcado pelo seu novo clube, ou seja, 13 partidas.

Sem surpresas o Paulistão tem final de grandes



Eu já esperava pelas semi-finais do Paulistão com os quatro grandes, mas como torcedor a gente sempre tem aquele frio na barriga. Viajando, fui saber que Corinthians e Santos se classificaram apenas hoje. Também não pude ver o jogo do meu tricolor paulista e o Fla-Flu, pois voltei com conjuntivite e tive que passar a minha tarde no hospital.

Além de São Paulo é bom saber que teremos uma final, no Rio, em um grande nível, entre Flamengo e Vasco. O rubro-negro jogou menos que o Fluminense nesta tarde, mas a raça, que o time de Luxemburgo sempre mostra, fez a diferença que levou o jogo para os pênaltis. Ambos os clubes passaram aperto, mas Diego Maurício no segundo pênalti do mata-mata definiu a classificação. A classificação do Vasco foi mais suave com uma vitória de 1-0 sobre o Olaria. Aposto no Fla para esta final deixando o Cariocão sem uma final. A tradição de ambos os clubes me levou a esta aposta; o Mengo tem maior tradição no estadual, enquanto o Vasco tem a fama de vice.

Em São Paulo teremos as grandes semi-finais entre Santos e São Paulo; e Palmeiras contra o Corinthians. Arrisco-me a dizer que a final será entre São Paulo e Corinthians. A votação da enquete sobre quem você acha que vencerá o Paulistão ficou empatada entre o Tricolor do Morumbi, o Verdão e o Timão. O time de Carpegiani vive grande fase e deve ter Lucas no jogo contra o Santos, que terá como foco a Libertadores. Já o Corinthians tem apenas o foco do Paulistão até então, e o Palmeiras tem que visar também a Copa do Brasil.

Não percam os jogos! Semana que vem teremos todos eles! E com comentários meus na página oficial do blog no Facebook! Curta-nos!

20 de abril de 2011

Lugano de volta ao São Paulo

Lendo em um site de fãs do tricolor paulista, um deles disse que encontrou com Milton Cruz na rua, que afirmou que Lugano estava de volta ao São Paulo, porém só seria anunciado na sexta-feira. Seria verdade? Espero que sim, pois o meu tricolor precisa de um zagueiro de qualidade para jogar ao lado de Alex Silva e creio que Lugano seja o nome ideal. Perguntado por jornalistas Milton negou a informação, mas isso não dá o assunto como encerrado, já que pode estar omitindo, lembrando: as eleições são hoje!

O uruguaio tem uma ligação muito forte com o São Paulo, aonde venceu o Mundial de 2005. Ele se encaixaria perfeitamente no elenco, já que Miranda deixa o clube com destino ao Atlético de Madrid na metade do ano. Para vermos como Carpegiani pode escalar o time com a volta do uruguaio, fiz uma prancheta (de visual novo), confira:

Rodolpho hoje joga como quase um lateral direito, pois sobe muito pelo setor, o que ajuda no poder ofensivo do clube, que este ano ganhou forças. Por outro lado Ilsinho "largou" a posição e hoje joga mais ofensivo, para o setor fico em dúvida entre o camisa 77 ou Marlos.

Outro uruguaio também está na mira do São Paulo, Diego Forlán, que inclusive a torcida o quer mais. Segundo a enquete realizada neste blog ("Quem você queria ver no São Paulo?") Kaká e Forlán ficaram empatados em primeiro com 40% dos votos, em segundo veio Lugano com 13% e em último com apenas 6% encontrasse Mineiro.

O que pensa sobre a contratação? Crê que a informação procede? Deixe um comentário neste post.

A ida do que mal chegou


O "Imperador" (se é que ainda pode-se usar esta alcunha) Adriano voltou com menos moral do que em 2009, mas sempre como aposta de craque, artilheiro, e neste caso: peça fundamental para o Corinthians. Começou bem, perdendo alguns quilos e correndo atrás de sua meta, mas como em toda caminhada existem pedras no caminho, Adriano também encontrou a sua, porém não era uma pedra qualquer, mas uma lesão que afastará o "Imperador" por 5 meses.

Eu que nunca acreditei em Adriano desta vez tinha esperanças, ele parecia mais ajuizado e amadurecido, porém torço primeiramente para um futebol bonito no Brasil. Fiquei triste ao saber da notícia, infelizmente Adriano não se juntará à constelação de craque do Brasil deste ano.

O Timão já anunciou que está atrás de outro atacante, porém nega que chegue mais alguma estrela. O novo atacante deve ser para cumprir a posição apenas. Nunca fui a favor de contratar jogadores com o foco de marketing, porém os jogadores que rendem marketing também costumam render futebol, e aconselho ao presidente Andrés Sanchez contratar (e logo) um bom atacante, ao nível de Adriano; alguém como Thiago Ribeiro, Éder Luis etc.

Obs.: Viajarei neste feriado e ficarei sem acesso ao computador, portanto posts apenas quando eu voltar (provavelmente no fim do dia de domingo).

17 de abril de 2011

Confrontos definidos

A fase de pontos corridos do Paulistão e Cariocão acabaram e os clubes dos respectivos estados jogarão na semana que vem os jogos pela fase mata-mata dos estaduais.


No Rio, Vasco e Flamengo se classificaram com uma emoção impressionante. Ambos os clubes queriam enfrentar o Olaria ao invés do Fluminense (também classificados) nas semi-finais e quem ia conquistando o mérito era o Flamengo até os últimos minutos quando o Vasco conseguiu empatar o jogo contra o Olaria com um gol de Bernardo; o rubro-negro poderia conseguir classificar-se em 1º se não fosse o novo ídolo da torcida, Ronaldinho Gaúcho, que perdeu o pênalti sofrido por Diego Maurício (duvidoso) no último lance. Agora os confrontos estão definidos: Vasco X Olaria e Flamengo X Fluminense. Aposto na classificação do cruz-maltino e do Flamengo para a final aonde não tenho palpite.

Já em São Paulo o sistema é diferente; os 8 primeiros (de um grupo único) se classificam para jogar as quartas-de-final. São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Santos, Ponte Preta, Oeste, Mirassol e Portuguesa se classificaram respectivamente, logo o 1º jogará contra o 8º; o 2º contra o 7º e por ai vai. Nos anos anteriores eram apenas semi-finais e neste ano, por interesses financeiros, o sistema foi mudado; mas achei a mudança interessante já que os clubes grandes praticamente estão certos nas quartas (dando mais emoção) e os pequenos tem mais chances, o que é bacana já que eles se preparam um ano inteiro para esta competição. Enfim, meus palpites para as semi-finais são: Santos X São Paulo e Palmeiras X Corinthians, com o Corinthians e o São Paulo na final, com o título do tricolor, já que está com um time mais organizado, além do fato de que terá Luís Fabiano na final.

E você; aposta em quem? Deixe seu comentário!

Coluna do Guilherme Silveira:" Campeochato Paulista"


Depois de 19 rodadas, chegamos à parte mais emocionante do Campeonato Paulista, a fase eliminatória. Fase mais emocionante pois as 19 rodadas são monótonas, chatas e sem qualquer emoção e médias de público baixíssimas.

Este ano se classificaram oito, diferente do ano passado. Você deve estar ai pensando que é para gerar mais uma emoção nesta fase, mas na verdade não passa de um jogo de interesses, neste caso da emissora principal que para ter mais audiência, manda no campeonato e para não repetir a cena do ano passado em poder ter um dos grandes fora das semi, e ter baixa audiência, GARANTE que com oito classificados, todos estarão presentes. E assim não foi diferente de como planejado, com os pés nas costas os quatro grandes de São Paulo se classificaram, garantindo a suprema audiência da emissora.

Mas isso não é só o que achamos errado, e sim o campeonato em si, seu regulamento e o modo de disputa. O Campeonato Paulista é o único no mundo que tem esse modelo, que concordamos que não e nada legal, vemos como exemplo o Campeonato Gaucho, apesar de não ter times grandes ou que possam chegar incomodando Grêmio e Inter, tem um sistema de disputa muito interessante e emocionante, até mesmo o Campeonato Carioca, onde há uma série com 10 times, aonde o campeão do primeiro turno, e o campeão do segundo turno irão se enfrentar para decidir o titulo principal, compacto e até emocionante se tivesse times com mais estrutura, agora pense o Paulistão nesse modelo, onde os pequenos podem surpreender os grandes, seria muito mais emocionante em minha opinião.
Uma revisão nestes modelos paulistas só irá ocorrer quando a federação parar de se render aos interesses de uma emissora, e perceber que este modelo não da audiência é um verdadeiro fracasso, um exemplo é que a media de publico total não e divulgada, mascarando, escondendo o verdadeiro fracasso.

Deixando as criticas de lado, os oito classificados são: em primeiro São Paulo, seguido por, Palmeiras, Corinthians, Santos, Ponte, Oeste, Mirassol e Portuguesa. Os confrontos serão entre São Paulo e Portuguesa, Palmeiras e Mirassol, Corinthians e Oeste, Santos e Ponte Preta. Entre esses jogos acho o jogo do Santos o mais difícil, pois a Ponte está com um time montado, bom e que ganhou de todos os grandes, inclusive do Corinthians no Pacaembu e do São Paulo no Morumbi. De uma certa forma o São Paulo não adquiriu vantagem nenhuma em ser o Líder, pegando a Lusa que é um time de tradição, e beneficiou o Palmeiras que terá o jogo mais fácil em minha opinião contra o Mirassol, agora e esperar para ver.

15 de abril de 2011

Clássico na Espanha no sábado: Messi X Cristiano Ronaldo

Messi vem trazendo um futebol alegre e bem jogado para um mundo inteiro, apesar de as vezes mandar um drible ou outro ele sempre tem um foco, o gol. Cristiano Ronaldo, já foi eleito o melhor do mundo, mas caiu de rendimento e em 2010 não ficou nem entre os 3 melhores, mas o português corre atrás de mais um título e neste sábado enfrentará seu maior concorrente, Messi, no Santiago Bernabéu as 17h00.

O argentino diversas vezes já foi comparado a Maradona, mas como bem disse Cruyff meses atrás, esta comparação é absurda, já que foram épocas diferentes, além de Maradona já ter se aposentado e Messi ainda estar em atividade. Messi vem evoluindo, e ao lado de seus excelentes companheiros de Barcelona vem mostrando um futebol bonito porém objetivo.


Ronaldo também tem um futebol maravilhoso, mas perde para o argentino. O português pode ser mais habilidoso, com dribles e chutes fortes, mas sua contribuição para vitórias e títulos nem se compara com a de Messi que bateu o recorde de gols de Ronaldo (o brasileiro) em uma temporada, e tem uma média de mais de 1 gol por partida.

Os dois se enfrentarão em um clássico que fará Madrid tremer. O Barça tem um contra-ataque aniquilador enquanto o Real costuma arriscar bastante (e bem) de fora da área. Dois estilos diferentes, um grená que joga em equipe, com diversos passes e um futebol objetivo; e outro branco de mais velocidade e chutes potentes.

Quem será que vence o derby espanhol? Eu aposto no Barça, mas um derby é sempre imprevisível.

Luis Fabiano e Forlán?

O São Paulo pode ter a melhor dupla de ataque, no papel, dos últimos anos do Brasil. O artilheiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, Luís Fabiano, já é do tricolor paulista e estreará no dia 27 deste mês, no jogo de volta contra o Goiás. Para acompanhar o "Fabuloso" no ataque o tricolor está atrás de Forlán, que foi eleito o melhor da Copa; como o São Paulo jogaria com a dupla caso o uruguaio for confirmado?

A grande dúvida com a chegada de Luís Fabiano foi: quem sairia para a entrada do camisa 9? Atualmente eu tiraria o Fernandinho, já que Dagoberto vem jogando muito. Mas e caso Forlán chegue; como Carpegiani montaria o time? Um 3-5-2 ou um 4-4-2?

O tricolor vem jogando em um 4-4-2 um pouco diferente, aonde Miranda e Alex Silva ficam na zaga, porém em lances jogadas aéreas costumam estar presentes na área adversária pra cabecear, e Júnior César e Rodolpho nas laterais, sendo que o segundo defende e ataca com uma facilidade absurda. O meio composto por Jean, Carlinhos Paraíba, Lucas e Rodrigo Souto (Casemiro) poderia ser alterado. Carlinhos poderia perder a posição para Dagoberto que sairia mais para o jogo e Souto para Casemiro que também da uma certa ofensividade; em alguns casos poderia ainda haver a entrada de Ilsinho na ala direita. E o ataque atualmente formado por Dagoberto e Fernandinho ficaria com Luis Fabiano e Forlán. Existiria ainda a possibilidade de mudar um pouco formação ofensiva e colocar Marlos na equipe.

Agora responda na enquete: "Quem você gostaria de ver no São Paulo?" 

14 de abril de 2011

Minhas apostas para a final da UCL

 
Nos últimos dias tivemos as decisões dos classificados para as semi-finais da Champions League, a melhor competição do mundo. Por bater o Shakthar o Barcelona jogará contra o Real Madrid (que eliminou o Tottenham) em um derby espanhol. Na outra semi-final o Manchester United (que tirou o Chelsea das semi-finais) pegará o Schalke 04 (que surpreendeu e eliminou a Internazionale com duas vitórias).
 
O primeiro jogo dos Red Devils contra o Schalke será em Gelsenkirchen (Arena Auf Schalke) dia 26 as 15h45 enquanto o derby espanhol será em Madrid (Santiago Bernabéu) as dia 27 no mesmo horário.
 
Para estas partidaças tenho palpites um pouco diferente da maioria. Penso que o Barcelona vá empatar com o Real fora de casa e no Camp Nou dará um show, classificando-se aonde pegaria o Schalke segundo minhas previsões que surpreenderia o Manchester e jogariam a final em Londres.
 
Calendário:
Schalke 04 - Manchester United - 26.04 (15h45)
Manchester United - Schalke 04 - 04.05 (15h45)
 
Real Madrid - Barcelona - 27.04 (15h45)
Barcelona - Real Madrid - 03.05 (15h45)

13 de abril de 2011

Velho ou experiente?

Hoje vimos um caso em que a idade só soma experiência na carreira de um jogador. Ryan Giggs, apesar de ter 37 anos vem mostrando um futebol excepcional com decidiu um derby inglês, que valia uma vaga nas semi-finais da Champions League, dando duas assistências, para gols de Chicharito e Park Ji Sung.


Além do caso de Giggs temos os de Juninho Pernambucano e Rivaldo. O primeiro deve assinar com o Vasco nos próximos dias e acredito que ao lado do também experiente Felipe deve comandar o meia vascaíno. A experiência conta em casos como este. Juninho participou das Eliminatórias da Copa de 2002, na qual o Brasil levantou a taça e jogou a Copa de 2006, que valeu a experiência. Saber como pode se comportar um adversário em uma determinada situação pode contar; como Rogério Ceni deve ter percebido o nervosismo de Júlio César, na cobrança da falta de seu gol 100.

Rivaldo sempre foi um jogador tranquilo e aprendeu o que isso pode influenciar em uma partida. Uma frieza em lances importantes ou para abrir um ângulo para um passe pode ser importante.

Um elenco experiente pode ser uma vantagem por um certo lado, já que terá jogadores com distintas experiências dentro e fora de campo, o que pode conquistar a torcida; será que se Adriano fosse mais experiente ele se envolveria em tantas confusões? Mas tudo tem um lado negativo, será que um time experiente não pode ser considerado velho? Qual seria a diferença? Acredito que a postura que o time toma e até mesmo os comportamentos extra-campo podem valer em um caso como este.

12 de abril de 2011

Quem não faz leva


O Chelsea dominou o jogo desta tarde porém caiu no oportunismo do Manchester United e foi eliminado da Champions League, que caso chegasse a final, jogaria em casa - Londres. Carlo Ancelotti deu bobeira de iniciar com Fernando Torres centralizado no ataque, já que o espanhol pouco ajudou; Drogba entrou no segundo tempo e marcou o gol que aparentemente ajudaria.

O primeiro tempo não foi bom como os outros jogos da UCL, mas um jogo aceitável. Ao sair por um minuto perdi o gol de Chicharito, que abriu o placar para os Red Devils aos 43' complicando muito a situação do Chelsea, que no começo do jogo precisava "simplesmente" vencer por 1-0 que levariam o jogo para a prorrogação, porém depois os Blues precisavam de pelo menos 2 para se manterem na frente. O Chelsea voltou animado para o segundo tempo e animou os torcedores novamente, entretanto sua situação parecia novamente ficar difícil quando Ramires foi expulso, mas logo em seguida Drogba (que havia saído do banco e entrado no lugar do "Fiasco Torres") marcou o gol do empate. Faltava apenas um gol para Roman Abrahmovic ver seu time nas semi-finais, mas nos mesmo 32 minutos do gol de Drogba, Park Ji Sung marcou após belo passe de Giggs. Com a eliminação certa o Chelsea perdeu o ritmo e quase levou outro gol do time comandado por Alex Fergurson.

Duas assistências carimbaram
a atuação de Giggs no derby.
Ao fim do jogo pensei bem na partida que o Chelsea fez. Deram muitas bobeiras em que poderiam ter matado o jogo. No primeiro tempo Lampard e Torres fizeram péssimos papéis de pivôs em chegadas de Ramires; e Anelka perdeu a bola pra Van der Sar fora da área. Ancelotti fez bem em escalar um time em um falso 4-3-3, aonde Malouda e Anelka jogavam praticamente de meias e Ramires vinha bem, de trás, deixando El Niño como um pivô; só acho que poderia ter colocado Drogba desde o início. Erros acontecem, e este custou a vaga nas semi-final.

Assim como o Manchester, o Barcelona também se classificou hoje. Venceram o Shakthar no primeiro jogo por 5-1 e hoje bateram os ucranianos por 1-0.

9 de abril de 2011

Um gol no fim para aproximar a classificação.

Antes de o jogo começar, houve uma homenagem para as crianças da escola em Realengo que foram vítimas do atirador Wellington Menezes de Oliveira. O estádio inteiro ficou em silêncio absoluto, e os jogadores se abraçaram no meio de campo emocionando a todos.


Com um excelente publico o palco estava montado para um show porém não foi tão simples, com um placar conquistado de penalti nos últimos minutos do segundo tempo, o Vasco se aproximou de uma classificação para as semi-finais rebaixando o Cabofriense.

Mesmo icentivado pela torcida o Vasco não dava sinais de que queria a vitória, deixando o visitante crescer dentro de seu estádio não levando muito perigo ao gol com poucos lances perigosos.
Após alguns lances o gol apareceu vindo dos pés do maestro Felipe que tocou para Eder Luis que encontrou Bernardo sozinho dentro da área que limpou do goleiro fazendo o primeiro gol vascaino.

O Vasco seguiu melhor, mas acabou errando na defesa e foi surpreendido. Aos 34 minutos,o time de Cabo Frio chegou a um empate.
Antes do fim do primeiro tempo, a equipe de São Januário esteve perto de ficar à frente do placar novamente. Eder Luis rolou para Felipe, que, de perna direita, chutou forte no canto. Flávio defendeu.

No segundo tempo bem mais criativo que o primeiro, o Vasco abusou do direito de perder gols que combinado a sorte do Cabofriense e grandes defesas deixou o jogo morno.Aos 34 minutos, Ricardo Gomes colocou Enrico na vaga de Bernardo e ouviu os grito de "Burro" da torcida vascaina. Na jogada seguinte, após uma linda defesa de Flávio, André Olveira salvou um gol de bicicleta. Depois, Leandro acertou o travessão.

Quando a torcida já estava impaciente, veio o gol e a classificação. Aos 40 minutos, Allan foi derrubado e o árbitro assinalou o pênalti. Alecsandro foi para a bola e cobrou perfeitamente, impedindo qualquer chance de defesa. Festa nas arquibancadas e provocações ao rival Flamengo, que está na final do Carioca.

Aos leitores,

Esse ano de 2011 tem sido muito complicado para mim devido a ser o último ano do colégio onde tenho pouco tempo para me dedicar ao blog devido a proximidade dos vestibulares.
Peço compreensão de todos vocês com o período que fiquei sem postar, agora postarei somente as sextas, onde terei uma coluna especial assinada por mim sempre tentando levar as melhores noticias do mundo do futebol.

8 de abril de 2011

Podcast #1

Olá galera!
Estou de volta com o podcast que provavelmente terá uma nova edição toda sexta-feira, para vocês poderem curtir no fim de semana. Este traz uma participação de Felipe Ferreira, diretor-chefe do blog Território Esportivo e grande parceiro do blog. Nesta edição falamos sobre as expectativas para a próxima rodada do Paulistão e do Carioca, que acontecem neste fim de semana; além de falarmos sobre a Champions League, a Europa League e os novos uniformes do São Paulo. De o play abaixo e confira:

7 de abril de 2011

Vergonha

Vergonhosa a expulsão de Lucas e Everton Sena. Como deixam um cara
destes apitar um jogo deste?
O senhor árbitro Gutemberg de Paula Fonseca apitou muito mal no São Paulo 2-0 Santa Cruz. Ele expulsou "apenas" 4 jogadores. O jogo foi pegado, mas não era para tanto; Renatinho e André Oliveira foram expulsos justamente; o primeiro por entrar feio em Ilsinho, muito maldosa, e o segundo pelo segundo amarelo. Everton Sena e Lucas saíram de forma completamente inexplicável.

No lance da expulsão de  Lucas e Everton Sena o árbitro nem se quer viu o lance. Na dúvida expulsou os dois. Lucas estava com a posse e Sena o desarmou; a bola ficou presa e os dois disputaram, o meia do São Paulo perdeu e o juiz marcou falta; na retomada do jogo, para a cobrança da falta o zagueiro do tricolor nordestino "esbarrou" em Lucas e o juizão resolveu expulsar os dois! A do Sena deu até para entender, já que estava amarelado, mas Lucas? O jovem garoto ficou nervoso e foi levado até o vestiário pelos companheiros; saiu chorando pela irresponsabilidade do árbitro!

Após o jogo todos reclamaram, e muito do "Seu" Gutemberg; impressionante o despreparo do árbitro! Como deixam um cara deste apitar um joga importante como este! Digo apenas isso, mas tiveram vários erros, inclusive um pênalti muito claro não marcado no garoto Lucas.

    
Observações do dia!
    Rogério Ceni... perdeu um pênalti em que foi bater de cavadinha. Parabéns ao goleiro Tiago Cardozo que caiu, se recuperou e defendeu.
    Vasco... avançou de fase na Copa do Brasil; bateu o ABC por 2-0.
    Fluminense... perdeu para o Nacional-URU por 2-0 e está com difíceis chances de classificação.
    Santos... venceu no sufoco o Colo-Colo por 3-2; Neymar, Elano (no banco) e Zé Love foram expulsos.
   Santa Cruz... está de parabéns por fazer um ótimo jogo, tanto na primeira partida quanto na segundo contra o São Paulo.

6 de abril de 2011

Isso é trabalho!

Não estou falando da frase dita por Muricy Ramalho, mas sim sobre o grande trabalho que o Barcelona vem fazendo nos últimos jogos. Hoje deu um show contra o Shaktar batendo-o por 5-1. Daniel Alves dá velocidade, Xavi e Iniesta armam, Messi liga o atacante com a meio, na velocidade e com dribles necessários, e nos últimos dias até zagueiro vem fazendo gol fácil.

Erro na prancheta! A posição de Iniesta foi invertida com a de Xavi.
O clube catalão tem o costume de jogar bem em equipe, não percebe-se jogadores "fominhas", sempre projetando jogadas antes mesmo do marcador prever. O movimento do meio para frente é muito bem feito e do meio para trás a zaga compacta-se e desarma sem dificuldades seus adversários. Mesmo jogando contra Arsenal, Shakthar etc o Barça dá pressão e joga em um nível muito superior, jogando praticamente um ataque contra defesa.

Ao meu ver o time comandado por Pep Guardiola é a melhor equipe do mundo, não é atoa que tem os 3 melhores jogadores segundo a FIFA - Messi, Iniesta e Xavi. O meio do Barça é muito bem armado; Xavi e Iniesta jogam fácil deixando Pedro e Villa aptos para o gol. Messi consegue armar suas próprias jogadas e a de seus companheiros, ele pensa rapidamente e tem uma brilhante visão de jogo, existem horas em que mesmo vendo da tevê não percebemos jogadores livres. Hoje mesmo vendo o gol de Keitá achei que Messi tinha prendido a bola ao invés de passar, e estranhei, porém em seguida rolou para o meia malês estufar as redes.
Daniel Alves é outro jogador espetacular e vem sendo um dos principais jogadores do clube desde quando largou o Sevilla e chegou à melhor equipe do mundo. Avança com velocidade e apóia o ataque muito bem tabelando com Xavi e frequentemente marca seus gols.

O Barça vem dando show na Champions League e aposto nele para o título da competição. Real Madrid, Schalke e Barça já estão praticamente confirmados nas semi-finais, só faltaria ver o classificado do derby inglês. O time de Messi, Xavi e Iniesta deve pegar o Real Madrid de Cristiano Ronaldo, Özil e Di María, um gigantesco derby; caso avance para a grande final pega ou Schalke ou Manchester (palpite meu) que tem elencos (e estilo de jogo) muito inferiores ao do Barça.

Não se pode esperar nada!


Como já sabemos, e vimos ontem, não se pode esperar nada de clubes em quartas-de-final, principalmente na Champions League, aonde há grande pressão pela vitória. Hoje teremos o lotado de brasileiros, Shakthar Donetsk contra o Barcelona, no Camp Nou; e o Chelsea recebe o Manchester United, no Stamford Bridge; ambos os jogos as 15h45.

O Shakthar terá uma difícil tarefa de pelo menos segurar um empate com gols no Camp Nou, contra o Barça. O time catalão joga fazendo parecer que é fácil, a prova disso é o jogo contra o Arsenal onde bateram os Gunners por 3-1. O clube ucrania composto por diversos jogadores brasileiros pode assustar o Barça, porem a vitória dificilmente sairá, já que enfrenta um clube com um elenco muito superior.

Saiu do Liverpool, foi
para o Chelsea e não
rendeu o esperado.
Enquanto no Camp Nou o jogo tem praticamente um vencedor certo, no Stamford Bridge este jogo pode ser chamado de batalha pelas diversas disputas que haverão nesta partida. O Chelsea quer levar a taça da Champions para casa pela primeira vez, perdeu a chance em 2008 quando perdeu justamente para o Manchester na final; porém desta vez se alcançar a final tem a oportunidade de jogar em casa, Londres. O Manchester United lidera a Premier League e novamente deve levantar o caneco. Seu elenco não é lá grandes coisas comparado com as várias estrelas contratadas por Abrahmovic para o Chelsea, porém seu entrosamento vem de tempos. Rooney, Nani, Scholes, Vidic, Evra etc já estão no time de Manchester a um bom tempo e podem até ser considerados os favoritos deste derby, já que o elenco estelar do Chelsea não vem rendendo o esperado.

Desta vez o Twitter do Nosso Futebol FC (@nossofutebolfc) não transmitirá nenhuma partida, mas não deixe de nos seguir, pois com certeza da próxima passaremos as principais informações do lance a lance.

5 de abril de 2011

Fácil... fácil



O Real Madrid e o Schalke 04 venceram bem fácil Tottenham e Internazionale respectivamente. O Real dominou o jogo por inteiro, "matando" os Spurs cedo; Adebayor abriu o placar nos primeiro minutos; depois ampliou, Di María marcou um golaço e Cristiano Ronaldo fechou após a receber passe de Kaká, que voltou após um bom tempo e com um visual "barbudo", o que não poderia ter quando tinha o contrato com a Gillette. O jogo acabou em 4-0 para o Real Madrid, mandaram bem dentro do Santiago Bernabéu.


O Schalke venceu fácil, porém chegou a passar aperto no primeiro tempo. Os Azuis Reais viram a Inter abrir o placar com Stankovic no primeiro minuto com um belo chute do meio do campo; o empate veio com Matip, mas logo Milito colocou o clube nerazzuri na frente novamente; antes do fim do primeiro tempo Edu conseguiu empatar. A segunda etapa foi o show do Schalke que marcou com Raúl, Ranocchia (contra da Inter) e outro de Edu, fechando o jogo em 5-2, e o melhor para os alemães, foi fora de casa, no San Siro.

Por uma vaga nas semi

Madrid tremerá! O Santiago Bernabéu lotará para ver um jogaço que conta com as maiores estrelas do mundo. Isso é habitual para os torcedores do Real Madrid, que hoje recebe o Tottenham as 15h30, porém um jogo com Cristiano Ronaldo, Di María, Casillas, Marcelo, Kaká (que pode jogar), Bale, Van der Vaart, Lennon e diversos outros craques nunca é "habitual". Quartas-de-final nunca é habitual ainda mais de uma Champions League, a competição mais importante para os europeus, até mais do que um Mundial, até porque vencer uma LDU, um Chivas e até mesmo um Internacional na final não é nada difícil para os elencos estrelares.

Clique para ampliar


Los Merengues devem ir a campo com Casillas; Sergio Ramos, Ricardo Carvalho, Pepe e Marcelo; Khedira e Xabi Alonso; Özil, Di María e Cristiano Ronaldo; Adebayor enfrentar os Spurs (que querem disputar a final da UCL em casa, Londres) que devem jogar com Gomes; Corluka, Dawson, Bassong(Gallas) e Assou-Ekotto; Sandro, Modric, Van der Vaart, Lennon e Bale; Crouch. Dois esquema em 4-5-1, o Real joga com jogadores que se movimentam melhor como Ronaldo (Cristiano), Di María e Özil que são mais ofensivos; já o Tottenham apela para a velocidade de Leenon e Bale com Van der Vaart apoiando o meio, porém voltado para o ataque.

Creio que CR seja o
destaque do jogo.
Aposto na vitória merengue, pois jogam em casa, aonde tem grande forma, além da movimentação ser mais viva e visível. Cristiano Ronaldo em uma jogada individual define fácil um jogo com este. Bale e Lennon também tem grande poder de fogo, mas são mais voltados para as laterais; Van der Vaart ajudará no ataque, mas a zaga de Ricardo Carvalho e Pepe deve conseguir segurar; o Real só deve tomar cuidado com o gigante Crouch, já que pode definir em uma cabeçada em que subirá, provavelmente, mais que o goleiro.

3 de abril de 2011

#EuVi - Porto campeão da Liga Sagres 2010-11


Para encerrar a maratona de jogaços no fim de semana, houve um dos maiores clássicos da Europa e conseqüentemente do mundo, Benfica e Porto se enfrentaram no Estádio da Luz. Os portistas queriam de toda forma vencer para "levantar a taça" com incríveis 5 rodadas de antecipação e jogando na casa do rival!

Um jogo espetacular mais parecia uma final do que "apenas" um jogo da 25ª rodada da Liga Sagres. O meia colombiano Guarín, que já havia marcado um surpreendente gol este ano(do meio de campo), marcou outro onde bateu de uma posição completamente sem ângulo e o goleiro Roberto viveu um momento de "frangueiro" mandando a bola para dentro da meta.

O Benfica reagiu; Otamendi cometeu pênalti em Jara e o argentino Javier Saviola marcou o gol do empate. A partida seguiu movimentada deixando a parte azul da Luz aflita, já que com este placar não seriam campeões, mas a luz surgiu quando Falcao arrancou e sofreu pênalti do vilão benfiquista, o goleiro Roberto. Hulk bateu confiante e fez Porto 2 a 1 no Benfica; na comemoração não poderia faltar as dancinhas brasileiras e foi ao estilo "Tchubirabiron", do Parangolé.

Cada um dos clubes teve um expulso, Otamendi (Porto) e Oscar Cardozo (Benfica), e o Benfica quase estragou a festa do Porto quando nos minutos finais acertaram a trave mesmo sem goleiro. O vacilo custou e o Porto se consagrou campeão em pleno Estádio da Luz, o sonho portista!

2 de abril de 2011

#EuVi - O derby della madonnina

Pato comemora seu primeiro gol no jogo, logo nos primeiros segundos.
(Foto: AP Photo)
O Milan mesmo não sendo o favorito (se é que há um favorito em um derby) bateu a Internazionale, no San Siro, por 2-0 no derby della madonnina. Com esta vitória a equipe rossoneri se isolou na liderança, 5 pontos a frente da vice-colocada Inter. Faltam apenas 7 rodadas, a situação pode se reverter, mas pelos próximos confrontos fica difícil: O Milan tem como jogos mais difíceis Roma e Fiorentina; atualmente 6° e 9° respectivamente; enquanto a Inter tem Lazio (5°) e Napoli (3°).

Pato já abriu o gol no primeiro lance; Robinho tentou marcar e a bola sobrou para o camisa 7 fazer 1-0. O time rubro-negro manteve a pressão até o fim da primeira etapa, mas mesmo assim levou pressão. Pandev quase marcou de cabeça, mas Abbiati salvou em cima da linha (lance bem duvidoso) e Eto'o perdeu um gol feito, até minha vó fazia!

No segundo tempo o Milan seguiu dominando e em um lance de clara chance de gol, Chivu, o último homem, tocou em Pato e impediu o gol; cartão vermelho; na cobrança da falta Thiago Silva assutou e no rebote Boateng despediçou. Com um a mais o jogo se tornou traquilo e Pato marcou novamente aos 16'. Abate pôs na cabeça do brasileiro (será que ele tentou chutar?) que marcou e na comemoração ainda dançou junto com Robinho e Boateng. Aos 21' Robinho perdeu grande chance na cara do gol; o ex-santista quase marcou também aos 27' quando recebeu sozinho na área fez uma finta derrubando Júlio César no chute o goleiro fez grande defesa. Júlio César que por sinal defendeu vários outros gols e evitou a humilhação, mas não pode evitar aos 90' o gol de pênalti marcado por Cassano, sofrido pelo próprio ao ser puxado por Zanetti dentro da área. Cassano que depois seria expulso por levar o segundo amarelo: jogou pouco tempo, marcou um gol e foi expuslo, o velho Cassano!O Milan conseguiu golear a Inter; realmente deram um show.

O derby foi bom de ser assistido e amanhã tem mais, o derby português entre Porto e Benfica, no Estádio da Luz. O sonho dos portistas é vencer amanhã para se consagrarem campeões em plena casa do rival; lembremos que o Porto, de André Villas-Boas, ainda não perdeu na Liga Sagres.

#EuVi - Stoke City 1 - 1 Chelsea

Drogba marcou, mas o Chelsea não conseguiu a vitória. (Foto: AP Photo)
O Chelsea novamente voltou a dar bobeira, porém desta vez contra o humilde Stoke City, não perdeu, mas o empate deixou o clube de Roman Abrahmovic bem longe do bicampeonato. O jogo foi muito movimentado e várias bolas pegaram na trave e no travessão. Nos últimos minutos o Chelsea chegou a assustar bastante, porém nada adiantou.

Walters foi quem abriu o placar para o Stoke, fez ótima jogada e cortou do zagueiro brasileiro David Luiz, em seguida bateu forte, Petr Cech só defenderia por um milagre. Para a alegria dos torcedores do Chelsea, Drogba marcou com assistência de Anelka; Fernando Torres estava no banco e mesmo no final quando entrou seguiu sem marcar.

O time do Chelsea tem um dos melhores elencos do mundo, porém falta o entrosamento, o que não ocorre já que o elenco sempre tem uma nova estrela. Lampard, Ramires, Anelka e Drogba organizaram bem o time do Chelsea, mas faltou a contribuição do time por completo. Se conseguirem o entrosamento necessário eu acredito que ano que vem os Blues tem grandes chances de levantar a taça da Premier League, que este ano deve ficar entre Manchester United e Arsenal.

#Fim de semana eletrizante! Hoje ainda tem o derby della madonnina, disputado entre Internazionale e Milan; e amanhã a Liga Sagres pode ser decidida; o Porto vai a Lisboa enfrentar seu maior rival, o Benfica, no Estádio da Luz e pode se consagrar campeão na casa do rival - o Porto de André Villas-Boas segue sem perder no campeonato.