29 de maio de 2011

Deixando o nome na história


O Barcelona venceu pela segunda vez o Manchester na final da Champions League e existe quem diga que já virou freguês. Acho exagero, mas penso que o Barça se mostrou superior que os Red Devils e pode ser considerado uma das maiores equipes da história.

No meu palpite arrisquei um 2-0, com gols de Messi e Pedro; acertei a diferença de gols e dois, dos 3 gols do clube catalão. Xavi maestrou o jogo e provou porque é está no Top3 dos melhores do mundo.

Essa equipe entrará para a história e La Pulga está no caminho certo para se tornar um novo Maradona (caso o 10 do Barça conquiste uma Copa do Mundo ele poderá ser considerado o novo D10S). Nos últimos anos o Barça venceu duas vezes a UCL, alguns nacionais, um Mundial, dentre outros, provam porque o time comandado por Guardiola está deixando seu nome na história. Há quem diga que já se tornou a melhor equipe da história, mas prefiro concordar com o técnico catalão: "Só o tempo irá dizer!"

28 de maio de 2011

#TheChampions!


O torneio mais valioso do mundo chegou ao fim; mas isso não é um motivo para ficar triste. A grandiosa final entre Manchester United e Barcelona (15h30), no Wembley, fará a cidade de Londres tremer. Eles já se encontraram outra vez na final, em 2009. Desta vez o Barcelona se deu melhor vencendo o jogo por 2-0 e acredito que o placar se repita, ainda arrisco-me a dizer que os gols serão de Messi e Pedro. Logo, o clube catalão passaria o inglês em número de títulos, hoje, ambas as equipes tem 3.

O artilheiro da UCLAmbos os clubes tem excelentes elencos e montam suas equipes da forma mais sábia. Contratam apenas o necessário, ao invé s de seus rivais Real Madrid e Chelsea. Este derby europeu me lembra muito a semi-final da Copa de 2010, entre Alemanha e Espanha. Os alemães tem o forma de jogo veloz e ofensiva (como a do Manchester), porém os espanhóis jogam de forma calma, distribuindo muitos passes e tendo grande posse, assim como o Barça.
Rooney Apesar de posições diferentes o grande duelo será entre Messi e Rooney, com a participação dos garçons Xavi/Iniesta e Giggs. O Barcelona tem um time que joga de forma mais inteligente, com a bola nos pés e grande visão de jogo eles são os meus favoritos para o título. Fora das quatra linhas ainda veremos Pep Guardiola contra o Sir Alex Fergurson, treinadores das duas melhores equipes do mundo, e quem sabe também da história.

A grande final terá a maior renda da história, cerca de 1 bilhão de reais. Um dos maiores jogos do mundo decidirá o campeão da UCL, um torneio mais importante do que o Mundial, e você não pode perder. Veja pela TV (recomendo a ESPN), ou ouça pela rádio Web Fut Mundi (http://www.webfutmundi.net), além de acompanhar os comentários pelo twitter @nossofutebolfc, nesta ferramenta ainda podemos dar nossas opiniões, palpites e discutir.

27 de maio de 2011

Técnicos mundo afora - Roberto Mancini


Em 1991 destacaram-se na Sampdoria os "gêmeos do gol", Mancini e Vialli; ambos marcaram vários gols e venceram o Campeonato Italiano e a Copa da UEFA (atual Europa League). A dupla foi excelente, mas não durou muito tempo; Vialli foi para a Juventus e Mancini (que já havia jogado no Bologna) foi para a Lazio, onde venceu novamente o Scudetto e a Copa da UEFA, dentro outros títulos. Apesar do sucesso da Mancini pela Lazio e pela Samp ele não emplacou na Seleção Italiana e marcou apenas 4 gols (pouco para um atacante).

Em 2001, Roberto Mancini se tornou técnico e iniciou a nova carreira na Fiorentina, ficou por apenas uma temporada, tendo conquistado a Copa Italiana. Assumiu a Lazio e conquistou a mesma Copa. Sua carreira mudou de vez quando assumiu a Internazionale em 2004; onde venceu a Copa da Itália e a Supercopa por 2 vezes e o Scudetto 3 vezes. Apesar de estar dando títulos à Inter eles queriam mais, a obsessão era a Champions League, o que Mancini não conquistou, sendo demitido e trocado por Mourinho. Em 2009 assumiu o Manchester City que estava na nova era; a do xeque árabe, Al Mubarak. Nos citizens ganhou a confiança da torcida e levou o clube ao título FA Cup na temporada 2010-11, além de garantir uma vaga na UCL da temporada seguinte.

Mancini soube formar um time bem estruturado com grande força pelas laterais, com David Silva e Adam Johnson. Tévez não vem bem, mas o argentino quando joga faz o papel de atacante, mudando um pouco a estratégia, já que passam do 4-5-1 para o 4-4-2. O comandante dos citizens vem fazendo um ótimo trabalho e acredito que nas próximas temporadas (caso não saia do City) pode quem sabe levantar a taça da Premier League.

26 de maio de 2011

Reforma geral

Maicosuel voltou, e caiu bem como uma luva.
O Botafogo entrou em "obras"; está fazendo uma reforma geral no meio-de-campo e no ataque, fechando com Renato e Elkeson, tendo de volta Maicosuel e podendo trazer Reis e Gilberto, do Cruzeiro. Uma obra importante que creio que construirá um time de grande qualidade.

No meio o alvinegro tem Maicosuel e Elkeson, que podem atuar de atacantes; Renato, Arévalo e Marcelo Mattos, jogadores mais fixos e Éverton mais solto, além do Gilberto que pode chegar e exerce uma função parecida a do última (porém pelas laterais). Caio Júnior terá um belo trabalho para montar esse meio e o ataque;  vale apena manter Loco Abreu e Herrera, ou pode-se colocar um Maicosuel/Elkeson/Caio no meio da história?

Acho o Loco um jogador não necessário ao esquema de Caio Jr, porém todo o seu carisma com a torcida pode o colocar em campo (grande influência, o que fez Joel pular fora). Eu montaria um ataque com Maicosuel, Caio e Herrera, se Gilberto não chegar, mantendo o camisa 10 próximo do meio e colocando Elkeson na meiúca.

Reformas como estas são muito importantes e todo clube deve se conscientizar que as vezes uma dessas é necessária. Vemos clubes por ai que acham que tem um elenco perfeito e em campo... fiasco. O Glorioso reconheceu que precisava de mudar e correu atrás de reforços. Demorou, mas acertaram, acredito que ainda vem coisa muito melhor por ai... quem sabe um Diego.

Coluna do Guilherme Silveira:"O problema é lá em cima"


(Charge de Juvenal Juvêncio, presidente do SPFC -Créditos Cleber Coltri)

As últimas semanas do São Paulo vem sendo bastante conturbadas e acredito que seja tudo um reflexo do que anda acontecendo dentro do Tricolor, na diretoria onde reina Juvenal Juvêncio. Tudo começou quando o polêmico presidente do São Paulo peitou a CBF de Ricardo Teixeira que acabou se voltando contra o clube, e o resultado foi a exclusão da participação do Estádio do Morumbi na Copa de 2014. Todos sabemos que quem contrata no São Paulo é ele, e diversas vezes estas contratações não acrescentam nada ao time, como Cléber Santana, Léo Lima, Renato Silva, Adrian Gonzales e muitos outros “nulos” que passaram pelo elenco do Tricolor paulista.

O que mais me encasquetou foi a burrada que JJ fez após a eliminação na Copa do Brasil, digo que foi até uma “novela”. Em um fim de semana Carpegiani e parte da comissão foram demitidos e no dia seguinte readmitidos. Ora, o que fizera Juvenal mudar de idéia? O dinheiro é a causa mais aceita uma vez que a multa de rescisão chega a 1 milhão de reais, porém a decisão de manter o técnico causou efeitos colaterais e um clima chato, acontecendo até uma briga entre Rivaldo e Carpa.

Alguns jogadores rescindiram contrato por falta de oportunidade e sucesso no time, como Fernandão que chegou com prestigio da torcida, mas acabou perdendo espaço no time e resolveu sair, assim como Júnior César. E esta semana a maior perda do São Paulo, Alex Silva, o zagueiro de muitos títulos não estava com uma relação boa com a vossa diretoria e acabou rescindindo contrato e saindo pelas “portas do fundo”.

É claro que não está tudo perdido para o São Paulo que até venceu bem contra o Fluminense, um pequeno respiro para a torcida, mas tudo pode acabar se complicando por conflitos internos. Juvenal precisa mudar seu jeito turrão e ouvir um pouco mais a torcida e deixar seus problemas pessoais de lado (como a briga com Ricardo Teixeira). Acredito que o São Paulo precisa de boas contratações, de nome que chegaram para resolver ao lado de Luis Fabiano, Lucas, Carlinhos e etc. Bom agora é aguardar para como as pedras vão rolar.

Podcast #3

25 de maio de 2011

Já previa

Dispensado para resolver problemas, Alex Silva está com pé fora do Tricolor.
(GloboEsporte)

O São Paulo tem a tradição de ter grandes zagas. Nos anos anteriores teve Breno, André Dias, Lugano, Miranda e Alex Silva fechando a defesa tricolor, mas o desmanche foi inevitável e pode encerrar a tradição. Dos tempos de ouro (2006,07 e 08) sobraram apenas Miranda e Alex Silva, o primeiro já negociado com o Atlético de Madrid e o segundo parece estar de saída.

Alex vem se envolvendo em discussões coma  diretoria e não deve ficar por dois motivos. O time presidido por Juvenal Juvêncio não tem fundos para manter o zagueiro, além do fato dele estar por empréstimo no clube.

Torcedor tricolor não se assuste, pois creio que a boa fase da zaga se manterá por alguns anos. Rodolpho já ganhou um espaço na defesa; jogava como um "lateral-direito" em alguns jogos, porém com grande cobertura na zaga. Faltaria um companheiro, porém Coates (zagueiro do Nacional-URU) está próximo do Morumbi, além do time paulista ter o capitão da Seleção Sub-20 no banco, Bruno Uvini.

Eu já previa esta saída ao ver a notícia sobre próximo acerto de Coates. Os fundos são baixos e alguém teria que deixar o clube, o mais fácil seria o xerife Alex Silva. Sentirei falta do camisa 3, jogador que sempre me orgulhei de ter em meu clube de coração, pela raça e qualidade. Espero que algum dia ele volte...

22 de maio de 2011

Ele voltou


O campeonato mais emocionante do mundo está de volta e com grandes atuações de Ronaldinho, Lucas, Bernardo e companhia. O Brasileirão voltou em alto nível, com apenas um empate (sendo por 1 a 1), vários jogaços e algumas surpresas.

Cruzeiro e Coritiba me decepcionaram no Cartola FC. Eu havia colocado vários jogadores de ambas equipes e os grandes conseguiram perder. Apesar da primeira rodada não ser um bom exemplo do que será o campeonato eu arrisco dizer que este ano veremos o melhor Brasileirão dos pontos corridos. Ronaldinho, Montillo, Liédson, Lucas, Luís Fabiano, Maicossuel, Neymar e muitos outros deixarão a emoção dos torcedores à flor da pele.

O que achou da primeira rodada? E das surpresas, goleadas e grandes atuações dos melhores do Brasil?
Deixe sua opinião neste post, no twitter (@nossofutebolfc) ou no Facebook (página do blog). 

20 de maio de 2011

É dada a largada


Começou a votação para o Top Blog 2011 e é claro que o NF não poderia ficar de fora. Ano passado não fomos muito bem, mas creio na evolução e quem sabe uma melhor posição. Conto com vocês, pois afinal o que seria de um blog sem um leitor?

Para votar é simples: clique no banner da competição na barra lateral do blog, ou então clique aqui! Se você selecionar para votar por e-mail não se esqueça de acessar sua conta e confirmar; mas caso escolher o Twitter apenas tuíte uma divulgação!

Conto com seu voto!

19 de maio de 2011

Técnicos mundo afora - Frank De Boer


Frank De Boer
foi um grande jogador, chegando a jogar pela Seleção da Holanda (e se tornou o jogador que mais vestiu a camisa laranja, antes de Van Der Sar bater o recorde) e pelo Barcelona; porém após todo esse brilho foi parar no Al-Rayyan onde se aposentou em 2005.

O ídolo holandês se tornou técnico em 2008, logo após a Eurocopa do mesmo ano, assumindo a Holanda. Ficou por 2 anos e em 2010 assumiu o Ajax como interino, já que Martin Jol havia sido demitido. Ele não prometia, logo que era apenas um interino; mas estreou batendo o Milan por 2-0, no San Siro. Ganhou moral e foi efetivado.

De Boer, apesar de apoiado, não era um grande técnico (faltava experiência no setor), mas não o impediu de conquistar a Eredivisie, mesmo com a perda do goleador Luís Suárez para o Liverpool. Ele conseguiu levantar a taça na última rodada com uma vitória especial sobre Twente, então líder, na última rodada por 3-1.

Creio que seja um técnico que possa assumir um time de ponta futuramente. Existem equipes européias que apesar de grandes elencos, ultimamente não conseguem segurar um treinador; por este motivo acho que De Boer pode assumir um Milan ou uma Juventus da vida...

18 de maio de 2011

Portista de coração


Hoje me senti como um verdadeiro portista ao ver o time conquistar a Europa League. Apesar de não ter visto o jogo inteiro senti a emoção subir a minha cabeça e me fazer vibrar como um adepto fanático. Tenho uma certa simpatia (grande) pelo clube, mas não imaginava que seria um de meus clubes favoritos.

Como todos sabem sou torcedor do São Paulo, em primeiro lugar, em seguida vem o Chelsea, que ultimamente vem tendo sua paixão igualada ao do Porto. Principalmente os brasileiros Hulk e Helton me fizeram criar esta paixão; fiquei impressionado com Falcao García e passei a adorar o técnico André Villas Boas (que se tornou o mais jovem técnico a vencer uma temporada final européia).

Parabéns ao time do Porto e aos portista pelo 1-0 sobre o Braga e a conquista da Europa League. A incrível campanha com apenas 3 derrotas na temporada fizeram o Porto se tornar um dos times mais fascinantes do mundo!

Dublin em português


Hoje é o dia em que a Terrinha (Portugal) irá tremer. A um bom tempo não se via campanhas tão boas de clubes do país. Este ano a final da Europa League será constituída por Porto e Braga.

Um futebol direto e bem ofensivo é demonstrado no país de nossos descobridores e não há nada melhor do que ver um derby português na final da grandiosa EL (segundo torneio mais importante da Europa). O que foi grande poderia ter sido maior, já que o Braga eliminou o Benfica, caso isso não tivesse acontecido, Dublin iria pegar fogo.

O Porto (classificado para a UCL) joga de forma ofensiva, porém também passa segurança quando o tema é defesa, prova-se isso com os números feitos pelos dragões na temporada 2010/12 da Liga Sagres: 73 gols feitos e apenas 16 sofridos. O Braga colocou-se em 4° ao final do nacional, com 46 pontos.

Penso em uma vitória azul e branca; os grandes goleadores - Hulk e Falcao - devem entrar em ação como nunca para alegrar ainda mais a torcida de seu clube. Apesar de ter um time bom (para razoável) não vejo chances algumas de o Braga levar essa taça. Infelizmente perderei grande parte do jogo, mas ficarei antenado em relação ao resultado.

Mudança... o blog entrará nos próximos dias em uma mudança de visual. Já retirei bastante coisa da barra lateral, para ocupar espaço. Penso também em mudar a cor principal de preto para branco.

17 de maio de 2011

Sumiram!


Péssimas camisas! Não entendo como a Nike some com as listras das mangas da camisa do Barcelona. A away, apesar de simples demais (sem um ar clássico ou vários detalhes exclusivos), ficou legal; mas poderia ser melhor.

Os 30 milhões de euros (ao ano) que serão pagos pela Qatar Foudation compensarão toda essa feiúra do novo home. O Barça sempre viveu bem dando dinheiro à Unicef (que foi para as costas) e agora receberá um valor estrondoso; quero ver onde esses blaugranos irão parar...

Championes

Vimos a felicidade do Manchester City pela conquista do título da FA Cup, porém o que poucos viram foi o vídeo dos jogadores em um clima de descontração no vestiário.

Uma bela festa foi feita no vestiário, com direito a funk brasileiro. O atacante Jô colocou a "Pentada Violenta", do MC Luan (a partir dos 6min2s), para tocar; foi sucesso total entre os jogadores. De Jong ao lado de Hart e Kompany, além do próprio Jô, fizeram a festa. Parabéns City; pelo título e pela comemoração super divertidíssima (hehe)!


15 de maio de 2011

Dia de homenagens!

Frango cômico de JC
Em São Paulo, Santos e Corinthians fizeram um jogaço, uma excelente final com grandes emoções até o último minuto. Arouca fez o 1-0 e Neymar ampliou em um contra-ataque, onde chutou de leve e Júlio César "frangou" comicamente deixando o Santos a um passo de levantar a taça. Morais ainda conseguiu diminuir aos 40 do segundo tempo (pouco depois do moicano santista marcar) em uma falha do goleiro santista, Rafael, e fez o jogo ferver. O Corinthians pressionou, mas não conseguiu marcar e o título ficou nas mãos do alvinegro praiano. Parabéns Santos pelo bicampeonato do Paulistão!

Apesar de não cobrir os outros estaduais quero parabenizar o: Inter, Flamengo, Coritiba, Atlético Goianiense, Cruzeiro, Chapecoense, Santa Cruz, ABC, Ceará, Bahia de Feira de Santana e o Brasiliense. Se esqueci algum campeão, me desculpe, mas se venceu é porque merece! Parabéns também aos que chegaram à final dos estaduais que ainda não acabaram.

Parabéns também aos campeões europeus, como Porto, Barcelona, Milan, Ajax, Borussia Dortmund e Manchester, além dos que ainda se consagrarão.

NF no Cartola FC


Depois de aderir o Twitter (@nossofutebolfc) e o Facebook o Blog Nosso Futebol FC agora também está no fantasy do Campeonato Brasileiro, Cartola FC. 

Eu, o Luís Armando (Blog ARMANDO a jogada) e o Joca (Blog do Joca) criamos uma liga no tão famoso fantasy, a "União Cartoleira", para os leitores dos três blogs. Assim podemos competir com nossos leitores e ver quem escala o melhor time do Brasileirão.

Para participar é simples! Procure pela liga "União Cartoleira" e peça a permissão para participar, depois de concedida você já estará participando então é só escalar seu time normalmente e competir conosco.

14 de maio de 2011

Técnicos mundo afora - Massimiliano Allegri


O atual técnico do Milan, Massimiliano Allegri, teve uma carreira como jogador bem modesta tendo tido como melhores clubes o Livorno, o Cagliari e o Napoli. Aposentou-se em 2003 e já iniciou sua carreira fora das quatro linhas em 2004 comandando o Aglianese (clube pelo qual se aposentou). Passou por S.P.A.L; Grosseto; Sassuoto e Cagliari antes de chegar no Milan, por onde foi campeão do Calcio (2010/11) e quebrou um jejum da equipe, que não vencia a competição desde a temporada 2003/04.

O curioso da carreira de Allegri foi que chegou a ser cogitado no Milan após a saída de Carlo Ancelotti, mas recusou e seguiu no Cagliari. Um ano depois foi cogitado novamente, quando Leonardo deixou o clube rossoneri, porém desta ver Massimiliano assumiu e deu o título nacional italiano ao Milan.

Ao assumir o Milan, Allegri tentou colocar por diversas vezes Ronaldinho na equipe, mas o atleta não rendia e quando deixou o clube foi um alívio. Robinho, Pato e Ibrah ganharam espaço no ataque e passaram a ser apoiados por Boateng e eventualmente por Seedorf.

O novo técnico dos "Diabos de Milão" conseguiu fazer Robinho render e ajudou Pato a se tornar um excelente atacante; com este desempenho deu o título do Calcio 2010/11 à equipe e passou a receber mais elogios. Esse é um exemplo de técnico a qual percebemos uma clara evolução; alguém espetacular, que saiu de um time modesto para assumir um dos maiores clubes do mundo!

13 de maio de 2011

Está na hora de mudar

(Post escrito dia 12.05 as 23h30, não foi postado devido a manutenção do Blogger)



Fiquei bem chateado de ver o meu São Paulo ser eliminado para o Avaí, que jogou melhor, porém fez feio ao ficar enrolando caídos no chão, poderiam ter enrolado ao estilo Ganso (com respeito ao futebol adversário, apenas com passes).

Mas agora que percebi que está na hora do São Paulo "virar um time como outro qualquer", sem querer ofender os outros, mas acho que a um certo tempo o tricolor tinha alguns luxos que outros clubes não possuíam; hoje considero o Cruzeiro e o Santos esses times diferenciados . Poucos clubes (hoje é o Santos) conseguem viver de revelações e já passou a fase do São Paulo, contratações de peso precisam chegar e um novo técnico, de nome (um Tite, Cuca, Adílson...).

Carpegiani é um treinador razoável, sem o extra que precisa para ser campeão, um time muito bom, que falta ser complementado com um técnico a altura. A um bom tempo finalizações são erradas bizonhamentes e nada fez o treinador, nem treinos intensivos de fundamento. Sua visão atual do jogo é muito fraca também; ele demora para perceber o que está acontecendo. O time do Morumbi precisava jogar calmo após estar sendo eliminado, o desespero atrapalhou muito. Lucas não estava bem; Rivaldo deveria ter entrado, mas PC tirou Marlos (que tinha saído do banco) para por o jovem Willian, que manteria o estilo esbaforido, logo que não possui experiência.

Todo ciclo chega ao fim e a hegemonia tricolor acabou (se é que já não havia acabado); acreditava em uma boa reestruturação neste ano. Um bom técnico precisa chegar ao  clube para montar um time campeão, gostaria muito de ver Cuca no comando; algumas eliminações pelo Cruzeiro podem fazê-lo cair e Juvenal Juvêncio tem que aproveitar. Cuca está em alta, entra no meu Top3 de técnicos brasileiros. A boa fase acabou, a moleza acabou, time grande não se mantém só de nome e camisa, o futebol tem que ser bonito; portanto está na hora de mudar (de atitude e treinador, dentro outros)

11 de maio de 2011

Tá sem freio!

Esse não é um post sobre o Flamengo que vinha invicto, mas sim sobre o Barcelona que está realmente sem freio. O E.T. Messi, Dani Alves, Iniesta, Xavi e diversos outros vem dando show tornando o Barça um time inigualável.

O estilo imposto por Guardiola e muito bem aplicado pelos jogadores é um dos mais belos do mundo. Muitos passes certos e grande visão de jogo - principalmente de Dani Alves, Xavi e Iniesta - são complementados pela habilidade de Villa e Messi, formando um "futebol perfeito".

Para os que gostam de números e estatísticas trago umas informações bem bacanas: o meia Xavi da cerca de 150 passes certos por jogo (no derby contra o Real que mais acertou pelos galáticos foi Diarra, com apenas 37 passes certos). O time de Pep consegue ter cerca de 70% de posse de bola por partida, até mesmo em derbys. Os três melhores jogadores do mundo (Messi, Xavi e Iniesta) vestem a camisa listrada do Barcelona, o que prova que é a melhor equipe do mundo.

Essa equipe maravilhosa conquistou hoje o tri da La Liga e tenho total convicção que vencerá, no próximo dia 28, o Manchester United em jogo único pela grande final da UEFA Champions League (o melhor campeonato do mundo), que será este ano em Londres. 

8 de maio de 2011

O 0 a 0 foi o de menos

Corinthians e Santos ficaram no 0-0, no jogo pela final do Paulistão 2011 - no Pacaembu, porém esse não foi o único problema (se é que se pode chamar de problema) para o Santos. Ganso se lesionou novamente e ficará parado durante um mês.

O camisa 10 santista já havia se lesionado, mas voltou semanas atrás; agora novamente Ganso foi obrigado a parar, mas espero que se recupere, assim como Ronaldo. Espero que como o Fenômeno ele se levante após esta queda e seja eleito algum dia o melhor do mundo.

Agora devemos abrir os olhos e vermos que Ganso não é o melhor jogador do Brasil. Ele ficou 6 meses parado e não sei porque foi considerado o melhor. Agora voltou, porém ficará mais um mês parado e logicamente não pode ser considerado o melhor. Como um jogador que mal jogou o Campeonato Brasileiro e uma pequena parte do Paulistão pode ser considerado o melhor jogador do Brasil?

Quem você considera o melhor jogador do Brasil? Acha justo considerarem Ganso o melhor? Deixe seu comentário no post, escreva na página do Facebook ou envie um tweet para @nossofutebolfc.

7 de maio de 2011

E as coisas andam lentas...

O atraso na construção dos estádios da Copa de 2014 vem se tornando destaque cada vez mais em revistas de todo mundo onde a capacidade da realização do evento está sendo posta em dúvida.Inúmeros jornais e revistas frisam que é grande a possibilidade de as coisas saírem errado.
 
São Paulo, Rio e Natal são os exemplos negativos quando se trata da construção dos estádios onde vale destacar que nem começaram as obras de construção do estádio na capital Paulista que receberá a abertura do evento.
Na cidade maravilhosa, o mais provável palco da final, a reforma do gigante Maracanã é definida como uma “devoradora” de dinheiro, já que o orçamento pulou dos R$ 705 milhões para mais de R$ 1 bilhão. Natal também é colocada entre os retardatários por ter assinado o contrato para a construção do Estádio das Dunas mais de três anos depois de o Brasil ser indicado país-sede da competição.
 

 
Sobre atrasos no calendário das obras, o ministro Orlando Silva afirmou que, em 2012, os brasileiros terão a sensação de que o país está caminhando “bem” para cumprir os compromissos assumidos com a Federação Internacional de Futebol (FIFA).
Segundo ele, as obras já foram iniciadas em dez estádios e, em Natal, última cidade a fazer licitação, os trabalhos devem começar em breve. O 12º estádio, em São Paulo, será construído com dinheiro particular e as obras ainda não tiveram início.

Na visão de Orlando Silva, a percepção sobre a preparação do Brasil vai mudar, porque o estágio das obras das arena será completamente diferente.
 
Temos que ressaltar que a imagem de nosso Estado que está comprometida com o mundo, onde não podemos deixar de cumprir com nossas tarefas, para promover uma competição da altura das maiores copas já realizadas.

6 de maio de 2011

Técnicos mundo afora - André Villas Boas


De assistente de Mourinho à campeão da Liga Sagres e finalista da Europa League, esse é André Villas Boas, atual técnico do FC Porto. Ele iniciou sua carreira como treinador cedo, com apenas 16 anos, mas nada profissional - apenas na base do Porto -; é curioso ver alguém tão jovem vir a se interessar como André pela profissão, já que a maioria primeiro se torna jogador.

Após José Mourinho assumir o comando do Porto, Villas Boas o acompanhou como assistente no Porto, Chelsea e Inter, por onde seguiu até decidir tomar um novo rumo, o de treinador (nem tão novo assim, já que já havia treinado a Seleção das Ilhas Virgens Britânicas) . Em Outubro de 2009 assumiu o Académica de Coimbra.

Sua missão era muito difícil, então com apenas 31 anos, Villas Boas teria que tirar o Académica da última posição da Liga Sagres; e fez. Tirou o clube de Coimbra da Zona do Rebaixamento e o deixou em 11º. Pelo ótimo trabalho, com apenas um mês foi especulado no Sporting, mas o próprio treinador desmentiu. Em Junho de 2010 estava de volta ao FC Porto, mas ninguém esperava um trabalho tão bem feito como o que vem sendo. Ele faturou a Liga Sagres, com o jogo do título no Estádio da Luz (Benfica) vencendo o maior rival por 2-1, além de conseguir colocar o clube de forma brilhante na final da Europa League e da Taça de Portugal. O mais impressionante é que ele tem apenas 33 anos e 2 de real experiência como técnico e conseguiu dar um título invicto do nacional ao Porto.

Villas Boas tem o costume de jogar no 4-3-3, com uma formação bem interessante no meio de campo (que foi de certa forma herdada de Jesualdo Ferreira, ex-técnico portista). Apenas um volante de ofício fica parado enquanto Guarín e João Moutinho tem o trabalho de proteger e armar jogadas no meio. O esquema é quase que um 4-5-1, já que aberto nas laterais entre o meio e o ataque encontrasse Hulk e Varela e centralizado na frente, o matador Falcao.

Apontar características positivas de André é fácil, como a boa interação com seus jogadores (pois afinal tem uma idade muito próxima) e a facilidade que encontra em adaptar seu time, mantendo o mesmo modo de jogo. Porém digo que por enquanto é quase impossível apontar características negativas, pois com quase 3 anos de trabalho, e um excelente comando, fez poucas besteiras; cito apenas a inexperiência, que adquirá com o tempo.

Um fato para deixar os portistas felizes é que Villas Boas não pretende abandonar o Porto. Segundo a mídia portuguesa a Juventus já havia sondado-o, porém a proposta foi recusada. André vem de uma família com uma situação financeira bastante boa e o que move sua vontade de treinar os Dragões é apenas o amor.

Coluna especial

Será iniciada uma coluna especial, postado por mim mesmo, mas logo aviso que ela se manterá até quando eu puder ou quiser. A coluna será sobre técnicos ao redor do mundo, analisando cada um dos treinados, citando: modo de jogo, pontos fortes e fracos, carreira etc. Ela se chamará "Técnicos mundo afora", um nome auto-explicativo, e será postada uma ou duas vezes por semana, sem data pré-definida (se der certo deve ser fixada).

Nome: "Técnicos mundo afora"
Dia dos posts: 2 vezes por semana, sem data pré-definida
Autor: Felipe Simonetti

5 de maio de 2011

O Marcos não merece

São Marcos voltou a atuar pelo Palmeiras e viu seu time perder por 6-0 para o Coritiba, no Paraná, um placar quase que irreversível. O ídolo alviverde não merecia ver e nem participar desta cena. Ao final do jogo o goleirão afirmou que Deola estava bem e que poderia ter jogado, mas que da mesma forma não seria o suficiente para vencer; ainda disse que mesmo se o Palmeiras jogasse com dois goleiros iria perder. Faltou dedicação. "Nunca joguei com um time tão sem vontade" disse o ídolo palmeirense.

Admito que gostei de ver o Palmeiras perder para o Coxa, um time que vem em uma ascensão incrível e completou com esta vitória 24 jogos sem perder; mas Marcos não merece esta derrota. O "santo alviverde" alegou que seus companheiros (de linha) tem que trabalhar sempre, futebol é sério, não pode faltar dedicação. Faltaram esforços aos jogadores de linha (não todos), como Marcão disse tem que trombar, dividir, correr e jogar bem sempre; é a obrigação. Ele ainda criticou (justamente) os jogadores jovens do elenco e isso que: "assim eles não vão a lugar nenhum". Deu pena do camisa 12 que no final do ano se aposentará e seria bom encerrar a carreira com um título, mas agora resta apenas o Brasileirão e a Sul-Americana, pois afinal a classificação para as semi é "impossível" para o Verdão: "Não faremos 6 a 0" desabafou Marcos ao fim do jogo.

O futebol portista é de deixar qualquer um de queixo caído

O Porto está com um time que tenho total convicção que vencerá a Europa League. Esperava um derby português na final, porém o Benfica conseguiu ser eliminado pelo "brasilizado" Braga. Hulk, João Moutinho e o matador Falcao - dentre outros - vem dando show no encantador futebol portista.

O futebol português é bem oculto no Brasil, mas ainda existem fãs do futebol da Terrinha. Esses desinteressados pelos clubes portugueses não sabem o que estão perdendo, o Porto ainda está invicto na Liga Sagres e pode bater o recorde um recorde do Benfica com apenas 2 empates e saldo de 55 (tendo levado apenas 13 gols). Os portistas ainda podem se orgulhar do artilheiro brasileiro da liga, Hulk que vem sendo alvo de elogios tanto no Brasil quanto na Europa, esses elogios lhe renderam convocações para a Seleção Brasileira e com isso já é especulado em clubes como Bayern, Manchester United e Milan.

A camisa listrada de azul e branco já foi campeã da Liga Sagres (na casa e diversos pontos à frente do Benfica) e segundo meus palpites levará também a Europa League. O futebol realmente é impressionante e eliminou alguns favoritos da E.L., como o Villareal, Sevilla e Spartak Moscow. Essa é a melhor campanha da história na Liga Sagres; e comandada pelo inexperiente, porém excelente, técnico André Villas Boas, que ainda promete.

Libertadores 11: Mas que dia!


O dia de hoje foi difícil para os torcedores dos clubes que estão (estavam) na Libertadores, exceto os santistas. Cruzeiro, Grêmio, Inter e Fluminense foram eliminados da Libertadores, e coincidentemente todos os clubes brasileiros eliminados jogaram hoje, o Santos jogou ontem e conseguiu se classificar (mesmo que no aperto).

O Inter tinha uma situação confortável; conseguiu empatar com o Peñarol no Uruguai e precisava de um 0-0 ou qualquer vitória no Beira-Rio para se classificar para as quartas, entretanto não cumpriram seu dever de casa e levaram de 2-1, no Rio Grande do Sul de virada. A eliminação do Grêmio já era esperada por mim; perderam de 2-1 no Olímpico e o Universidad Católica confirmou a eliminação fazendo 1-0 em casa.

Mas realmente me surpreendi com Cruzeiro e Fluminense. O celeste mineiro vinha em uma excelente fase na Libertadores e havia vencido o Once Caldas por 2-1 fora de casa; mas perdeu por 2-0 em plena Arena do Jacaré (alguma explicação?). Se a situação ocorrida com o Cruzeiro foi bizarra a do Flu então... O tricolor carioca havia batido o Libertad por 3-1 (um belo placar) no Engenhão e conseguiram levar o 3-0 no Paraguai para um time de torcida minúscula; realmente muito surpreendente.

Um dia macabro na Libertadores aonde nenhum brasileiro conseguiu se classificar. O Santos se safou jogando ontem e agora enfrentará o Once Caldas, time de pior campanha na fase de grupos - que curiosamente eliminou o Cruzeiro, time de melhor campanha na mesmo fase. Agora resta ver o destino do solitário brasileiro na competição; torço para o Peixe chegar à final, pois afinal é um time brasileiro. Tenho este conceito de torcer para brasileiros na Libertadores - exceto um rival do São Paulo (le-se Corinthians), mas isso é gosto e cada um tem o seu - para representar o Brasil na Cobiça Sul-Americana.

4 de maio de 2011

Coluna do Guilherme Silveira: São Paulo x Avaí


Hoje as 21h50 teremos São Paulo x Avaí, no Morumbi, pelas quartas-de-finais da Copa do Brasil. Um jogo que durante a semana foi pouco falado, acredito que pela decepção do torcedor Tricolor com a eliminação no Paulistão. Pouco falado também foi a possível estréia de Luís Fabiano, chegou até a ser confirmado para o jogo, porém estará ausente ,pois não esta totalmente recuperado.

O São Paulo está na chave mais fácil se comparado com o Palmeiras. Caso passe pelo Avaí o São Paulo pode pegar o Vasco ou o Atlético-PR na semi; já o Palmeiras de cara pega o Coritiba, que está em uma ótima fase com consecutivas vitórias, e se passar, na semi pode enfrentar: Flamengo ou Ceará.

Para hoje o Tricolor não contará com o zagueiro Rhodolfo, o meia Lucas, Fernandinho e Luís Fabiano, todos se recuperando de contusões. Carpegiani provavelmente começará com o time de sábado contra o Santos, composto por: Rogério Ceni, Xandão, Alex Silva, Miranda, Juan, Casemiro, Carlinhos Paraíba, Ilsinho e Jean, no ataque Marlos e Dagoberto. O mesmo time que demonstrou uma carência de armação de jogadas contra o Santos, lento e pouco finalizador.

O Avaí também vem de decepções, com a derrota para o Chapecoense na decisão do segundo turno do estadual. O técnico Silas terá o time desfalcado, três jogadores que foram expulsos no jogo contra o Botafogo, eles são: o atacante Rafael Coelho, o lateral Bruno e o meio campo Marquinhos.

Acredito que o São Paulo líquida a decisão hoje, em sua casa, com sua torcida que espera uma reação do time, mas o jogo de volta na Ressacada será uma pedreira, o Avaí é muito forte em sua casa, então o Tricolor do Morumbi tem que se garantir hoje se quiser prosseguir para a semi-final.

3 de maio de 2011

Frieza, calma e habilidade


Fiquei muito surpreso hoje com a atuação de Messi e vi o grande jogador que ele é. Não só muito futebol como também tem uma postura belíssima dentro e fora dos gramados. Sempre discreto e nunca reclamão. Nunca está envolvido em escândalos extra campo e raramente o vemos reclamar com o árbitro.

Me surpreendi mais ainda nos lances finais de Barcelona 1-1 Real Madrid, quando em um lance em que a bola ia saindo Marcelo chegou em um carrinho (sem a intenção de atingir o argentino) e acabou pegando em Messi, o camisa 10 caiu e reclamou de dor, mas assim que aliviou levantou e saiu da confusão. Isso sim é um camisa 10, comanda o time e ainda da um belo exemplo aos jogadores e aos torcedores. Messi quer jogar seu excelente futebol e nada o impedirá disso.

Seu futebol frio, calmo (nos momentos necessárias) e habilidoso lhe rendeu marcas históricas e hoje é comparado a Maradona. Como o próprio Messi afirmou é impossível comparar El Dios com La Pula, pois afinal um já aposentou e o outro ainda mostra seu futebol. Nesta temporada Messi se tornou o jogador do Barcelona a mais marcar gols em uma temporada, batendo o recorde de Ronaldo que marcou 47 gols em 49 jogos; hoje o 10 (tanto do Barça quanto da seleção) tem 52 gols em 52 partidas, uma média impressionante de 1 gol por jogo.

Nunca fui muito de comparar jogadores, mas hoje ao ver uma enquete no portal virtual do Lance! a qual pergunta quem é/foi melhor, Messi ou Maradona, passei a pensar no que o craque do Barcelona pode vir a se tornar. Ele já foi eleito o melhor do mundo pela FIFA duas vezes seguidas (2009 e 2010), venceu 2 Champions League, 4 Campeonatos Espanhóis, dentro muitos outros títulos, e não deve parar. Em minha opinião falta apenas uma Copa do Mundo, o que acredito que "o novo Maradona" não se aposentará sem.

A solução corintiana vem aí!

Segundo o portal online do Lance! o Corinthians está perto de fechar com o atacante André, ex-Santos e atualmente emprestado pelo Dínamo de Kiev para o Bordeaux. O ex-9 santista iria para o Timão para substituir Adriano, mas penso que é mais um reforço do que um substituto, já que hoje André joga mais do que o "Imperador". Fiz uma comparação entre os dois jogadores. Confira:

(Veja em fullscreen - clique em menu e em seguida em "View Fullscreen" - para melhor visualização)


2 de maio de 2011

É o Bonde do Mengão sem freio


O Flamengo entrou na onda do Bonde do Mengão sem freio e não parou! Venceu o Vasco nos pênaltis, ou melhor deixou o Vasco perder, já que a equipe cruz-maltina desperdiçou 3 penalidades (Bernardo, Filipe Bastos e Élton). E para a comemoração não poderia faltar o "bonde"; camisas comemorativas ao 32º título (desta vez invícto) do Cariocão foram lançadas com a frase "Mengo sem freio".

Parabéns ao Flamengo, que jogou melhor que o Vasco nos 90 minutos de bola rolando e graças a Fernando Prass não marcou. O goleiro vascaíno fez importantes defesas e ainda levou um susto nos minutos finais ao ver um chute forte de Thiago Neves passar perto de sua meta. Felipe também agarrou bem, mas foi menos acionado com chutes de risco.

Agora com o título do Cariocão o Flamengo pretende não parar e quer(deve) seguir invicto na Copa do Brasil. E acho que não para mesmo não e segundo meus palpites enfrenta o São Paulo que também vem embalado na competição; final é final e prefiro agora não me arriscar a dizer o campeão da Copa do Brasil.

O árbitro Luiz Antônio Silva dos Santos fez uma partida regular. Deu amarelos desnecessários e não deu em vários lances necessários. Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, poderia ter evitado um pisão na perna de um atleta vascaíno, mas "preferiu" a pisada, e o juiz não mostrou o cartão, que se fosse vermelho eu não me surpreenderia. Nos lances finais expulsou Willians e Allan diretamente de forma errônea. Os dois discutiram bastante, mas nada que justificava o vermelho direto, uma chamada de atenção e um cartão amarelo à Willians (que cometeu uma falta) bastavam.