31 de julho de 2011

Falta protagonismo


Meu São Paulo perdeu hoje para um Vasco oportunista; o Corinthians foi derrotado pelo até então fraco Avaí; e o Flamengo com a vitória de ontem sobre o Grêmio embolou a briga pela liderança (sem esquecer o Palmeiras e o Vasco que também estão bem grudados). Apesar de um Brasileirão emocionante o post de hoje é sobre a Seleção Brasileira Sub-20 que está na Colômbia disputando o Mundial, sem Lucas e Neymar.

A Seleção Brasileira principal está apostando em jovens como Neymar, Ganso, Lucas, Pato e companhia para serem protagonistas. Eles ainda não devem ter toda essa pressão de carregar a grande Seleção Brasileira nas costas; são bons jogadores, porém precisam de alguém mais experiente para guiá-los e protagonizar essa equipe.

Para ganhar essa experiência e a calma para protagonizar a Seleção eles precisam de jogar (e muito) pela Sub-20, o que não acontece hoje em dia. Vários jogadores novos pulam de um Sub-17 (mal jogando pelo Sub-20) para a principal. Sem sombra de dúvidas Santos e São Paulo seriam prejudicados, porém é necessário. Os jovens aprenderiam o que é ser protagonista e guiariam a equipe para o sucesso.

Nesse futebol moderno onde os clubes veem os jogadores como empresas para terem sua imagem e passe explorados o tempo é corrido para a profissionalização. A expectativa é tão grande em um bom jogador de 19 anos que se não vinga é capaz de nunca mais ter uma boa chance, esse é o exemplo de jogadores como Lulinho e Dodô - ambos ex-Corinthians.

Os clubes deveriam compreender e a Seleção pegar mais leve nas convocações. Agora que temos tempo para Copa poderia fazer convocações sem algumas peças importantes das equipes, até para testar outros bons jogadores que estão escondidos nos campeonatos holandês, português, alemão etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário