7 de julho de 2011

Já era hora!


Finalmente Carpegiani caiu no São Paulo, por mais que tentassemos nos convencer ele não vinha fazendo um bom trabalho. Começou o ano dando confiança aos tricolores, porém com a eliminação do Paulistão e da Copa do Brasil a confiança caiu e a torcida perdeu a cabeça.

Não entendo como um técnico aceita ficar na equipe após ser anunciado que foi demitido. Isso não passa uma boa imagem, tanto para o treinador quanto para o clube. Vendo essa situação subentende-se que: Juvenal não achou ninguem melhor então deixou o que tinha  e que Carpa não tem moral para assumir outro time de ponta.

A equipe estava desfalcada, passou a perder jogando feio e Carpegiani não convencia. Teve que cair. Agora vejo Cuca como o mais próximo do tricolor do Morumbi. O ex-treinador do Cruzeiro já alegou que aceitaria treinar a equipe. Dorival Júnior também é uma opção já que o Galo não vive um bom momento cujos resultados não agradam a torcida.

Só resta ao torcedor são-paulino esperar e torcer para Juvenal não economizar no técnico. Não adianta trazer um Jorginho ou PC Gusmão, pois falharão assim como Ricardo Gomes, Baresi e Carpa. Além do novo técnico contratações tem que chegar. Cícero já fechou e Coates e Cañete estão bem encaminhados, da lista tricolor faltaria apenas Denílson (do Arsenal) e Rafael Tolói - dois ótimos nomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário