30 de junho de 2009

Vasco não sai do zero com o Bragantino

E o Vasco continua vivendo o seu drama. Na noite desta terça-feira, em São Januário, na abertura da nona rodada da Série B, a equipe não passou de um empate sem gols com o Bragantino - o quinto em um jejum de vitórias que já dura oito partidas. E no jogo que pode ter marcado a despedida do capitão Carlos Alberto, que deixou o campo sem conceder entrevistas, a equipe cruzmaltina segue fora do G-4.

Com apenas um minuto de jogo, o lateral-esquerdo Ramon caiu de mal jeito e saiu de campo com um luxação no ombro direito, dando um susto na torcida vascaína.


Vendo que o time não se encontrava, a torcida, que estendera antes da partida uma faixa com os dizeres "Pela grandeza do Vasco, Série B é obrigação", passou a vaiar alguns jogadores entre eles Paulo Sérgio,Nilton e principalmente Léo Lima.

Aos 4 minutos do segundo tempo Bill partiu sem marcação, entrou na área e driblou Titi, que caiu e cortou a bola com a mão. Pênalti não marcado por Carlos Augênio Simon.

O fim do jogo foi marcado por vaias e protestos, com jogadores de cabeça baixa e torcida revoltada.

Um comentário:

  1. CARA UM ANTIGO PARCEIRO MEU VoLTOU DE VIAGEM, E EU faLEI COM ELE QUE ELE TINHA Vaga GARATIDA, VC FICA ATÉ SEXTA, NÂO DE CTRL C CTRL V, ta igualzinho no globoesporte, escreva o que esta escrito lá só que com suas palavras.
    http://www.nossofutebolfc.blogspot.com

    ResponderExcluir