2 de julho de 2009

É Tricampeão!

Na primeira partida o Corinthians tinha vencido o Inter por 2 a0, placar difícil de se recuperar, mais difícil ainda quando você está perdendo novamente por 2 a 0, foi o que aconteceu. O Inter partiu com tudo para cima, Alecsandro marcou dois gols, a torcida do Inter se levanta, faltam três, Nilmar perde um gol na cara, Ronaldo também. Eu acreditava na vitória do clube colorado até que D'alessandro começou a brigar com William, e o que aconteceu? Todo o time do Corinthians foram tentar enrolar, para manter o placar. Siga abaixo com mais detalhes:

Ih, já era.
O jogo começou bem, mas com o Corinthians fazendo mais pressão, chegou até a fazer um gol com Jorge Henrique, mas estava impedido. Poucos minutos depois André Santos cruzou na área, e o baixinho de apenas 1,69 Jorge Henrique subiu para marcar, homenageou o filho Thiago Henrique e o cantor pop Michael Jackson. Por volta de uns 10 minutos depois André Santos tabelou na entrada da área e encheu o pé, sem chances para Lauro. Os colorados começaram a desistir, e a Fiel começou a gritar "é campeão!".

Olha a reação.
Na volta para o segundo tempo quem veio jogando melhor foi Inter, pois afinal levar 2 ou 4 gols naquela ocasião de desespero não fazia diferença. A torcida gaúcha ficou louca quando viu Ronaldo entrar na área sem marcação nenhuma, mas Lauro conseguiu defender o chute fácil do Fenômeno. Tite queria empatar, tirou Glaydson e Taison para colocar Alecsandro e Andrezinho respectivamente. E deram certas as substituições, aos 25 minutos Alecsandro aproveitou o passe errado de André Santos e marcou, 2 a 1. Quatro minutos depois Andrezinho cruzou em profundidade e Alecsandro novamente marcou, 2 a 2. O Inter criou esperanças, precisava de 3 gols, mas William, do Corinthians começou a puxar briga com D'alessandro desde o começo do jogo, e logo quando o Inter precisa, o argentino foi tirar satisfações com William, foi uma briga feia de se ver, na final, D'alessandro brigando e William rindo da sua cara, foi ridículo. Ronaldo, Dentinho, Guiñazu e outros de que não foram transmitidos na TV, tomaram a atitude cerca, não se envolveram e tentaram acabar com o confronto. Depois disso não dava tempo e o Corinthians se consagrou tricampeão da Copa do Brasil, e garante a disputa da Libertadores em seu centenário, que será em 2010.

Por cima:
André Santos, que deu passe para gol e ainda fez o seu.
Por baixo:
Danny Morais, com seus 1,86 deixou Jorge Henrique com apenas 1,69 marcar um gol de cabeça.
Artilheiro:
Alecsandro, que marcou dois gol.


Nenhum comentário:

Postar um comentário