7 de outubro de 2009

Um pouco de opinião



Os trunfos de Dunga


por:
João Vítor Marques

Queiremos ou não, Dunga é o grande responsável pelo excelente trabalho que a Seleção Brasileira vem desempenhando após a Copa do Mundo - 2006. São 2 grandes títulos, além da classificação antecipada à próxima Copa, na África.

Inicialmente cercado de desconfiança pela falta de experiência, o capitão do tetra mostrou que a evolução a partir dos defeitos é sua grande virtude. Convocações polêmicas (quem não se lembra do Afonso?!), substituições inimagináveis, mal-humor nas entrevistas foram fatos marcantes que provocaram insatisfação no torcedor, acostumado com o bom futebol, o que não acontecia.

Um time sem confiança. Por pouco tempo. O triunfo na Copa América - 2007 sobre os rivais argentinos deu uma sobrevivência a mais ao seu cargo, constantemente ameaçado.
Este foi o grande ponto de partida no trabalho inquestionável do treinador, que mostrou observador assiduo dos convocados.

Convocações como as de Luís Fabiano, do Daniel Alves e do Felipe Melo foram os grandes trunfos do comandande, que soube lidar muito bem com as críticas insistentemente proferidas. Mostrou competência acima do normal ao barrar entrevistas "exclusivas", sobretudo à Rede Globo, nas concentrações, algo que acontecia anteriormente. O título da Copa das Confederações foi o carimbo que faltava para a permanência do Dunga.

Se o hexa acontecerá ano que vem, só o tempo dirá. Porém, não podemos discordar que o trabalho é muito, muito bem feito e que as possibilidades de mais um título são grandes, tendo em vista a tão falada competência...



Nenhum comentário:

Postar um comentário