5 de novembro de 2009

Não é demais?

por: Felipe Simonetti

O São Paulo foi ao sul pegar o Grêmio, dentro do Olímpico. Jogou bem, mas saiu de lá apenas com um empate. Rafael Marques abriu o placar para o Grêmio aos 24 do primeiro tempo. O zagueiro estava livre na área, completamente desmarcado, e subiu sozinho de cabeça para fazer Grêmio 1, São Paulo 0. Mas a festa não durou tanto; aos 31, Hernanes achou Dagoberto do outro lado da área; o atacante domínou no peito e chutou, por conhecidencia a bola bateu em Rafael Marques e engalou o goleiro Victor.

As expulsões
O árbitro baiano
Jailson Macedo Freitas expulsou "apenas" três jogadores do São Paulo - Dagoberto, Borges e Jean. A primeira expulsão, a de Borges achei desnecessária, o jogador mal encostou em Túlio e o volante despencou; Jailson mostrou o segundo amarelo para o atacante que foi para o vestiário mais cedo. Mas não ficou sozinho, menos de um minuto depois Dagoberto entrou violentamente em Túlio, e o árbitro fez o correto, deu o vermelho direto a Dagol.

Mais no final do jogo Jean também foi expulso, por levar o segundo amarelo. Neste lance eu fiquei com dúvida, então não dou minha opinião.

A tabela
Após isto tudo que aconteceu no jogo o São Paulo voltou a liderança, mas poderia ter voltado melhor. Está apenas com um ponto a mais que o líder Palmeiras. Neste fim de semana os torcedores são-paulinos tem que torcer para o Fluminense vencer o Palmeiras dentro do Maracanã, e para o Flamengo bater o Atlético-MG no Mineirão, duas tarefas difíceis, mas não impossíveis.

Por Cima: Rogério Ceni, que salvou o tricolor paulista de algo pior.
Por Baixo: Jailson Macedo Freitas, o árbitro que expulsou três do São Paulo.
Artilheiro: Rafael Marques e Dagoberto(1 gol).

Nenhum comentário:

Postar um comentário