28 de dezembro de 2009

Especial Torcidas: Galoucura



A equipe do Nosso Futebol FC postou sobre a torcida organizada do Cruzeiro, mas para não falar que puxaram "sardinha" para o lado celeste de minas, posto hoje o especial sobre a Galoucura, a torcida organizada do Atlético Mineiro.

"No início os fundadores tiveram problemas para iniciar a Galoucura. Quem seriam os componentes, qual o nome da torcida, onde conseguir bandeiras, faixas, camisas e, principalmente, dinheiro para tudo?

As soluções vieram rápido. O nome seria: Galoucura, a loucura pelo Galo. A questão do dinheiro também teve uma solução rápida e prática: promover uma festa.

A festa foi um sucesso total, com a participação de mais de mil pagantes. Estava fundada a torcida e também encontrado o caminho para enfrentarmos as despesas: fazer festas e eventos que congregassem a torcida atleticana e a outra que nasceu ali, a da Galoucura.

A estréia da Galoucura não poderia acontecer de outra forma: no Mineirão e contra o maior adversário, o Cruzeiro. O jogo terminou empatado, mas a estréia foi empolgante, tanto que muitas pessoas a procuraram em seguida, dizendo que a Galoucura parecia ter fôlego e disposição para fazer alguma coisa diferente e bem maior do que existia até então em termos de torcida. Mais e mais componentes vieram a se juntar à Galoucura.

Daí pra frente, os acontecimentos nunca deixaram de entusiasmar aqueles que partilharam todos esses anos de convivência. Viagens foram centenas e não há como enumerá-las.

Não importa o lugar no qual o Galo esteja, a faixa da Galoucura e seus componentes estarão presentes, dando aquele incentivo aos nossos atletas. Orgulhamo-nos de ser a única torcida organizada que não faltou a nenhum jogo do Atlético desde a nossa criação. Os componentes estão sempre presentes, seja de ônibus ou avião e ainda ajudamos aqueles que não podem financiar suas viagens.

Além das viagens, o forte da Galoucura sempre foi a promoção de festas, que engrandecem cada vez mais o nome do Galo. Em 1993, o nono aniversário da Galoucura foi marcado por uma grande festa realizada no Mineirinho, com a presença do cantor e compositor Pepeu Gomes. Também já fizemos várias festas com o objetico de arrecadar fundos para entidades beneficentes.

Com o passar dos anos, e com cada dia um maior número de componentes, o ritmo e a alegria da Galoucura foi crescendo violentamente, entusiasmando as outras torcidas e concretizando o sonho de se tornar A Maior Torcida Organizada de Minas Gerais, uma realidade nos dias de hoje."


O texto foi retirado do site da Galoucura, mas editado por mim, Felipe Simonetti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário