23 de fevereiro de 2010

Ibrah marca e salva Barcelona da derrota

O Stuttgart por pouco não bateu o Barcelona na tarde desta terça-feira(23.02). Meu palpite para este jogo foi 1-0 a favor do clube alemão; e por pouco não acertei. O Stuttgart abriu o placar aos 24 do primeiro tempo com o brasileiro Cacau, que vem se destacando. Ia acertando o palpite até o início do segundo tempo quando Ibrahimovic empatou o jogo.


Depois dos dois gols quem dominou o jogo foi o Barcelona, com boas chances de gol. Mas o Stuttgart não se abalou e chegou perigosamente em um chute cruzado de Khedira. Bem no fim do jogo o Barcelona não virou por pouco. O "maestro" Xavi cobrou escanteio, o goleiro Lehman saiu mal, mas o zagueiro Molinaro cabeceou por cima do travessão assustando os alemães.

Os dois clubes fizeram um ótimo jogo, o Stuttgart não é um grande clube, mas agora com esta Champions League e a ascensão do teuto-brasileiro(Alemanha e Brasil) Cacau o time vem se destacando entre os grandes da Europa. O Barcelona sempre foi um grande time e agora está melhor ainda. Os catalães venceram tudo possível no ano passado e caminham animados para mais um título da Champions League.

Confira a ficha técnico pós-jogo:

STUTTGART 1 X 1 BARCELONA

Local: VfB Arena, em Stuttgart (Alemanha)
Data: 23/02/2010 (terça-feira)
Horário: 16h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Bjorn Kuipers
Assistentes: Sander van Roekel e Berry Simons
Gols: Cacau (Stuttgart), aos 24 minutos do primeiro tempo; Ibrahimovic (Barcelona), aos 7 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Molinaro, Gebhart e Khedira (Stuttgart); Rafa Márquez e Piquét (Barcelona).

Stuttgart: Lehman, Molinaro, Celozzi, Tasci e Delpierre; Trasch (Kuzmanovic), Khedira, Gebhart (Rudy) e Hleb; Pogrebnyak (Marica) e Cacau.
Técnico: Christian Gross.

Barcelona: Valdés, Puyol, Piqué, Rafa Márquez (Milito) e Maxwell; Busquets, Touré (Henry), Xavi Hernández e Iniesta; Messi e Ibrahimovic.
Técnico: Josep Guardiola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário