9 de março de 2010

Com hat-trick de Bendtner, Arsenal elimina o Porto

O Arsenal estava sem seu maestro, Fábregas; mas o francês Nasri fez a torcida esquecer o espanhol e comandou o jogo dando belas assistências, e inclusive deixando sua marca nos 5-0 feitos pelo Arsenal sobre o Porto, pela Champions League.

Os Gunners haviam perdido por 2-1 em Portugal, mas devolveram - e como - o placar. O jogo começou bem movimentado; logo aos 9 minutos Nasri mandou a bola para o ataque, Helton defendeu mais acabou deixando para o oportunista Bendtner que marcou o primeiro gol da partida. O segundo gol(25 min) foi bem curioso; o Porto fez Diaby se embolar e para ganhar o lateral Fucile protegeu, mas quando viu que a marcação estava longe resolveu sair jogado. E não é que deu errado; o uruguaio deixou no pé de Arshavin que tirou da defesa e bateu cruzado para o segundo gol de Bendtner.

No segundo tempo Nasri que foi comandante do jogo fintou três jogadores da zaga Porto e marcou um belo gol, aos 17 minutos. Três minutos depois em um contra-ataque Arshavin deixou Eboué na cara do gol; o meia marfinense driblou o goleiro Helton e fez: Arsenal 4, Porto 0. E ainda deu tempo para mais um. Eboué sofreu um pênalti, Bendtner bateu, fez um hat-trick(três gols) e fechou a goleada do Arsenal.

Com esta vitória no Emirates Stadium, os Gunners avançaram com folga para as quartas-de-finais.

Confira a ficha técnica:

O destaque foi francês Nasri, que como já disse foi o maestro dos Gunners nesta partida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário