24 de março de 2010

"La pulga"

- Estou em semana de prova portanto não estou podendo postar -

O atacante argentino do Barcelona, Lionel Messi vem mostrando porque é o melhor do mundo. A algumas partida marcou três gols, depois contra o Sttutgart fez dois e no jogo seguinte vieram outros três; ficou com a média de mais de um gol por jogo - mas a média reduziu para um por jogo porque não fez nenhum contra o Osasuna.


"La Pulga" argentina é um legítimo craque; é o melhor jogador que pude ver atuar, já que não vi Ronaldo, Ronaldinho e Romário em suas grandes fases; tem uma grande ajuda dos companheiros do Barcelona, como Xavi e Daniel Alves que o ajudam no lado direito do campo do time catalão; mas como diz o ditado: "Ninguém é perfeito". Messi baila jogando pelo Barça, mas pela seleção argentina não mostra o mesmo. Não digo que não joga bem, mas todos esperam muito mais, ainda mais com Tévez, Agüero, Di María, Mascherano e companhia ao seu favor.

Será que o problema tático? Creio que não! Assistindo a ESPN - não me lembro o programa - algum espectador mandou uma mensagem afirmando que Messi brilha mais do que os outros já que joga no fraco Campeonato Espanhol. Concordo na parte em que diz que o Espanhol é fraco, mas o resto está sendo infeliz com sua declaração. Grandes estrelas do futebol mundial jogaram no Espanhol e se tornaram os melhores do mundo - Zidane, Ronaldo, Ronaldinho. Acho que quando joga contra seleções como Espanha, França, Itália e até mesmo Paraguai e Costa do Marfim a força muitas vezes é maior do que contra um Osasuna ou Atlético Bilbao "da vida". Essa força das seleções são maiores, pois é um jogo internacional, possivelmente uma Copa do Mundo; um título sagrado entre todos os jogadores, a maior cobiça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário