13 de junho de 2010

É só assinar!

O técnico campeão da Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, o Felipão, está muito próximo de voltar ao Palmeiras, onde venceu a Libertadores de 1999. O vice-presidente de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo, foi a Lisboa levar a proposta do Palmeiras à Felipão. Chegou em São Paulo neste sábado e revelou que o técnico aceitou a negociação e só falta assinar.

Nesta próxima semana já devemos ter a confirmação de que Felipe Scolari será o novo técnico do Palmeiras neste ano de 2010. O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo enviará um fax ao treinador e deve receber a resposta nos próximos dias.

Mesmo com o contrato assinado Felipão só deve chegar a São Paulo após a Copa do Mundo, já que assinou contrato com uma televisão extrangeira para comentar as partidas.

"Felipão é um grande técnico e pode melhorar o Palmeiras, e muito. Mas como sempre digo: Um time não é formado apenas pelo técnico, também tem que ter elenco. O Palmeiras tem uma certa deficiência no meio, tendo como volantes Pierre que arma o meio e Márcio Araújo, que não vem bem. Outro problema era o ataque, mas agora com a chegada de Kléber acredito que o problema esteja resolvido. Também perderam Diego Souza, mas com o "Big Phill', apelido de Felipão na Inglaterra, devem também vir reforços recomendados pelo técnicos."
Felipe Simonetti (diretor-chefe e autor)

Postado às: 02h10

2 comentários:

  1. Torço para que ele assine sim com o Palmeiras e que volte a brilhr assim como o time dop Palestra.

    Mas,se ele não der certo no verdão não vejo quem mais pode arrumar a casa dos Palmeirenses.Temos de olhar a outra ponta:os jogadores - eles têm de se empenhar ao máximo e jogar com atitude,vontade e vergonha na cara,caso contrário não há técnico no mundo que os façam vencedores se eles mesmo não desejarem isto!

    Tomara que se concretize e o Palmeiras volte a ser vencedor e a ganhar títulos.

    Felipão.Que saudades de vc!

    ResponderExcluir
  2. Concerteza, deculpe-me pela expressão, mas falta VERGONHA NA CARA!
    Um abração

    ResponderExcluir