17 de setembro de 2010

Brasileirão: Pontos corridos ou mata-mata?

Vamos observar um aspecto muito, mas muito importante no futebol brasileiro. Qual é o melhor sistema para se se disputar o Brasileirão: os pontos corridos ou o mata-mata? Para que você tire suas conclusões, vamos ver os lados positivos e negativos de ambos. Só para constar, o Campeonato Brasileiro era disputado em mata-mata até 2003, quando foi disputad
o pela primeira vez o torneio nos pontos corridos, sistema que se mantém até hoje.

Pontos corridos:
Lado bom- O sistema de pontos corridos, por exigir uma enorme regularidade e preparação durante todo um ano, acaba sendo o mais justo na hora de premiar um campeão. Aquele que teve melhor aproveitamento, obteve bons resultados e se comportou bem em jogos difíceis acaba merecendo e levando o título pra casa. Esse modo de disputa também impede que o sonho de uma equipe acabe tão cedo, pois sempre há tempo de uma grande reação. O sistema de pontos corridos faz com que o "fator fora de casa" muitas vezes valha tanto quanto o "fator casa", fazendo com que os dois times joguem, sem aquela coisa chata de ataque contra defesa o tempo todo.

Lado ruim- Por ser um campeonato muito longo, é natural que as equipes participantes não deem muita importância aos jogos na fase inicial do torneio. No início, todos estão muito iguais, não tendo nenhum time precisando desesperadamente dos pontos, portanto ambos jogam sem muita preocupação. Eu particularmente, acho vários jogos intediantes no começo. Outro problema, é que o empate às vezes é bom para certo time, fazendo com que ele se contente com um 0-0, e não vá em busca da vitória de forma emocionante, tirando assim um pouco da graça. Pelo fato de muitos jogos não valerem muito (teoricamente, porém poucos param pra pensar, mas pontos pedidos de forma boba fazem muita, muita diferença no final!), vemos pouco os estádios lotados, tendo várias partidas com nem 50% da capacidade completa. Outro problema é, que na reta final do torneio, momento mais emocionante, as equipes do meio da tabela, que não tem nem chance de se dar bem nem de se dar mal, acabam jogando sem preocupação, jogando sem valer muito, mais um aspecto que tira a graça. Por exigir muita qualidade, principalmente técnica, temos poucos candidatos ao título, e raramente somos surpreendidos.

Mata-mata:

Lado bom- Nada mais emocionante do que uma partida mata-mata, em que perder volta pra casa, e vencer segue na briga. Esse sistema de disputa faz com que muitas vezes a tática bem feita e a vontade de vencer superem a técnica. É muito interessantes observar partidas muito equilibradas e emocionantes entra uma grande equipe e um time de menor
expressão, fazendo com que o favoritismo muitas vezes seja surpreendido. A maneira em que as equipes se enfrentam em qualquer fase do torneio é única desse sistema. Garra, vontade, "sangue nos olhos" e superação estão presente em todos os jogos por serem todos decisivos. Desde a primeira fase, os estádios lotam e a torcida participa ativamente durante todo o jogo, pois qualquer partida pode encerrar um grande sonho. É muito legal observar também como as equipes lidam com a obrigação de vencer em casa, e como os visitantes se comportam sob a pressão do campo adversário. Ao final do torneio, muitas vezes vemos uma equipe que tinha poucas chances e ninguém acreditava levantando a taça.

Lado ruim- Todo o esforço e preparação de uma pré-temporada podem acabar em um lance. Estar com a classificação na mão e sofrer um gol bobo no finalzinho é muito comum nesse tipo de disputa. Uma equipe previamente eliminada tem que esperar até o ano seguinte para entrar novamente em disputa, ou disputar outro torneio de menor importância. Podemos ter vários anos seguidos com as mesmas equipes na fase final do campeonato, sendo assim algo muito repetitivo e cansativo pra quem quer ver a sua equipe ali, e tem que esperar a chance vir. O fato dos jogos valerem muito e a torcida fazer a diferença, mexe com a cabeça do árbitro do jogo, que normalmente prevalece a equipe da casa ou o time grande em disputa. O campeonato de mata-mata, para ser longo e cumprir o calendário do Brasileirão, teria que ter um enorme intervalo de tempo entre as partidas de um time, o que carece os fãs de futebol. Quando temos a regra "gol fora de casa", onde ele vale em dobro, as equipes da casa muitas vezes se preocupam mais em não tomar gol sob seus domínios do que marcar, o que também tira um pouco a graça.

Minha opinião: Pode parecer pelo o que escrevi que prefiro o mata-mata. Mas não. Não tenho uma escolha certa sobre isso. Para mim, os dois sistemas são muito bem formulados e o futebol que é bom, está sempre presente.

Possível solução: Se as opiniões dos especialistas são muito divididas, que tal fazer um turno de cada modo, e no final teríamos a finalíssima entre o campeão dos pontos corridos e o campeão do mata-mata, premiando o Campeão Brasileiro. Caso o time vença ambos, já é o vencedor.

E você? Que lado você apoia? Opine! Comente o porquê da sua escolha para chegarmos a uma conclusão dos leitores do NF. Sugiro a você que coloque esse assunto na mesa de jantar, discuta com a família e amigos, pois é algo muito polêmico. Peço que participe e exponha sua opinião aqui no blog, e espero que minhas ideias ajudem!
Muito obrigado!

Thiago Vidal
Postado às: 19h14

5 comentários:

  1. Liga Nacional = Pontos Corridos = Campeonato Brasileiro.

    Copa Nacional = Mata-mata = Copa do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. mas não dão tanta importância pra copa do brasil, nao eh a mesma coisa q o campeonato brasileiro disputado no mesmo formato

    ResponderExcluir
  3. Mata mata ia ficar estilo! exelente post!

    ResponderExcluir
  4. Gostei do que sugeriu. Como a Liga Argentina. O campeão de um turno contra o campeão de outro, só que um de mata-mata e outro de pontos corridos.
    Um abração

    ResponderExcluir
  5. Thiago Vidal,

    Então o problema não está no formato e sim na cultura do brasileiro, pois se compararmos com grandes potências do futebol mundial o estilo é esse. Campeonatos Nacionais são em pontos corridos, vide o Espanhol, Inglês, Francês, Alemão, Italiano, entre outros. E a formula do mata-mata é para Copas Nacionais.

    ResponderExcluir