17 de outubro de 2010

São Paulo e Santos recheiam o domingo de gols e emoção

São Paulo e Santos fizeram um jogão neste domingo no Morumbi. Fazia um bom tempo que não via um jogo tão emocionante. Com apenas 20 minutos de jogo o São Paulo já vencia por 3-1, mas a vitória não foi fácil. O árbitro Sandro Meira Ricci merece uma nota 4 nesta partida. Foi péssimo. Errou ao marcar um pênalti inexistente para o Santos e ao dar cartões. Acho que o único momento em que foi bem foi na expulsão de Richalyson que entrou de carrinho em Zé Eduardo, como já tinha amarelo, deixou o campo.


O Santos abriu o placar rápido. Com apenas 4 minutos Rogério Ceni falhou ao não segurar um chute santista; Alan Patrick aproveitou a bobeira e mandou para dentro das redes. O tricolor acordou e virou rápido. Aos 6’ Dagoberto mandou de cabeça para as redes igualmente aos 14’ virando o jogo para o São Paulo. O Santos estava abalado e Dagoberto invadiu a área em um contra-ataque, quando ia marcar Pará esticou o pé e fez por ele, 3-1. Com 20' o quinto gol da partida saiu. Pará se redimiu e deu passe para o gol de Zé Eduardo.


No segundo tempo os santista se animaram. Richarlyson foi expulso e aos 26' Neymar invadiu a área e foi derrubado por Alex Silva, um lance duvidoso; segundo Alex (e pelo o que vi) o atacante do moicano dividiu o corpo e escorregou, mas Sandro Meira Ricci marcou o pênalti que foi convertido pelo próprio atacante.

O jogo seguiu tenso. Jean perdeu duas ótimas chances na cara do gol. Mas o camisa 2 se recuperou e após o goleiro Rafael dar rebote, aos 47’ Jean marcou de cabeça dando a vitória no último minuto.

Após esta partida o tricolor do Morumbi subiu para 9º e agora está a 3 pontos do 5º e a 10 do 1º. Já o Santos terminou a 30ª rodada em 4° a 2 pontos do G-3 e a 6 do 1°.

Nenhum comentário:

Postar um comentário