20 de outubro de 2010

Wenger o melhor da década e Buffon o melhor dos últimos 25 anos. Quem diria?

O atual técnico do Arsenal, o francês Arsène Wenger foi eleito pelo mais conceituada federação de Estatísticas, a IFFHS (Federação Intenacional de História e Estatísticas do Futebol), como o melhor técnico da década. Neste ranking Alex Fergurson (Manchester United) aparece em segundo, José Mourinho (Real Madrid) em terceiro, Guus Hiddink (Seleção turca) em quarto, Fábio Capello (Seleção inglesa) em quinto. O melhor brasileiro da última década foi Luiz Felipe Scolari, o Felipão, que atualmente comanda o Palmeiras e segunda a IFFHS é o 6° melhor técnico da década.

Por mais impressionante que pareça Dunga foi eleito melhor técnico que Muricy Ramalho (40°) e Vanderlei Luxemburgo (45°). Será mesmo? Em minha opinião: não. Muricy conquistou 3 Campeonatos Brasileiros, já Luxemburgo conquistou Brasileirões, vários estaduais e uma Copa do Brasil, mas não nesta década o Luxa não foi tão bem, por isso encontrasse pior que o atual técnico do Fluminense.

Quando o assunto é goleiro o Brasil fica um pouco pior. Seu melhor representante está em 9°, o goleiro do tetra da Copa do Mundo, Taffarel ocupa a posição. O melhor segundo a IFFHS foi o goleiro da Juventus, Giauluigi Buffon e por mais incrível que pareça: dos 10 melhores, apenas Buffon, Casillas e Van Der Sar ainda defendem metas dentro do gramado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário