3 de novembro de 2010

Pedro León marca nos acréscimos e não deixa Mourinho perder no San Siro

Inzaghi marcou dois, mas Pedro León estragou a festa da torcida rossoneri. (Foto: Reuters)

Milan e Real Madrid fizeram um jogo que foi teste para cardíaco. Mourinho estava de volta a Itália, enfrentando sue antigo rival; nada melhor seria sair dali com uma vitória; mas não foi o que aconteceu. Os galáticos saíram com sorrisos de ponta a ponta do rosto com o empate decretado nos acréscimos.

O jogo no primeiro tempo o jogo foi ofuscado e o convocado por Mano Menezes, Ronaldinho Gaúcho saiu no segundo tempo após o Milan já estar perdendo com um gol de Higuaín aos 45 do primeiro tempo. Filippo Inzaghi  que entrou no lugar do camisa 80 dos Rossoneris marcou aos 22' da segunda etapa empatando. A virada veio em gol de impedimento também de Inzaghi aos 32'. Tudo parecia perdido; Mourinho já estava se chateando, mas Benzema deu passe preciso para Pedro León empatar o jogo aos 48'.

Isso sim é um empate com gostinho de vitória. No último minuto o Real empatou e deixou a torcida do Milan preocupada, já que o clube encontrasse em 2° em seu grupo com 1 ponto a mais que o 3° e 2 a mais que o 4°. Já os galáticos se classificam com apenas um empate na próxima rodada; contra o Ajax.

Nenhum comentário:

Postar um comentário