8 de fevereiro de 2011

Tabus existem para serem quebrados

A Seleção Brasileira precisa quebrar o tabu de 19 anos sem vencer a França; foram 5 jogos; três derrotas e dois empates. Na última vez que o Brasil venceu os franceses o goleiro Júlio César - o mais velho da seleção - tinha apenas 12 anos. Agora temos forças; Mano Menezes formou um bom time para bater os "Le Bleus".

Confio na vitória, pois os jogadores estão bem empenhados e vem mostrando um bom futebol. Só lamento da falta de Neymar, que está com a Seleção Brasileira Sub-20 no Pré-Olímpico; e a de Paulo Henrique Ganso que está lesionado a um bom tempo.

A Seleção Canarinho foi abaixo de nossas expectativas caindo nas quartas-de-final para a Holanda; porém os franceses foram pior ainda e nem da fase de grupos avançaram. O treino da Seleção estava lotado em Paris, o curioso foi que a maioria eram franceses que admitiram que torcerão pelo Brasil; ao serem perguntados sobre o craque que veste a amarelinha não veio outra resposta a não ser, Robinho. O atacante vem em uma boa fase pelo Milan após ser bastante criticado em sua chegada; ele no ataque ao lado de Pato pode desequilibrar neste amistoso. 

Neste amistoso as duas seleções, quem tem material esportivo fornecido pela Nike, estrearão suas novas camisas. A empresa americana inovou no uniforme canarinho e colocou a gola amarela e um retângulo verde no peito, que é um grande alvo de críticas. Já os franceses usaram algo mais clássico. Uma camisa azul escura com variações de cor e uma clássica gola pólo; o interessante é que o jogador pode optar por jogar com o "punho" da camisa em vermelho ou azul, depende de como ele dobrar.
Camisas de ambas seleções (foto: Placar)
Meu palpite é a vitória brasileira; porém bem suada; 2-1; com gols de Pato e Robinho. O jogo acontecerá no estádio Stade de France, as 16h00, no horário de Brasília. Não perca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário