5 de maio de 2011

O Marcos não merece

São Marcos voltou a atuar pelo Palmeiras e viu seu time perder por 6-0 para o Coritiba, no Paraná, um placar quase que irreversível. O ídolo alviverde não merecia ver e nem participar desta cena. Ao final do jogo o goleirão afirmou que Deola estava bem e que poderia ter jogado, mas que da mesma forma não seria o suficiente para vencer; ainda disse que mesmo se o Palmeiras jogasse com dois goleiros iria perder. Faltou dedicação. "Nunca joguei com um time tão sem vontade" disse o ídolo palmeirense.

Admito que gostei de ver o Palmeiras perder para o Coxa, um time que vem em uma ascensão incrível e completou com esta vitória 24 jogos sem perder; mas Marcos não merece esta derrota. O "santo alviverde" alegou que seus companheiros (de linha) tem que trabalhar sempre, futebol é sério, não pode faltar dedicação. Faltaram esforços aos jogadores de linha (não todos), como Marcão disse tem que trombar, dividir, correr e jogar bem sempre; é a obrigação. Ele ainda criticou (justamente) os jogadores jovens do elenco e isso que: "assim eles não vão a lugar nenhum". Deu pena do camisa 12 que no final do ano se aposentará e seria bom encerrar a carreira com um título, mas agora resta apenas o Brasileirão e a Sul-Americana, pois afinal a classificação para as semi é "impossível" para o Verdão: "Não faremos 6 a 0" desabafou Marcos ao fim do jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário