25 de junho de 2011

#FuerzaRiverPlate


Minha visita ao grandioso estádio Monumental de Nuñez, em janeiro deste ano, me acrescentou um amor ao River Plate que não existia e passou a ser meu clube favorito na Argentina. O conjunto de: história, tradição e estrutura me impressionaram. Agora o River passa momentos difíceis. Na repescagem para não cair perdeu o primeiro jogo para o modesto Belgrano por 2-0 e precisa reverter o placar em casa.

La Máquina teve jogadores como Conca, D'alessandro, Marcelo Salas, Francescoli, Falcao, Di Stéfano dentre outros e tem que fazer essa história pesar no jogo de volta da repescagem. Honrar o nome que fez com seus títulos para não passar seu aniversário de 110 anos na segunda divisão - pela primeira vez.

Essa situação deve-se por parte à péssima administração que não acessoria da melhor forma seus jovens talentos e acaba os perdendo quando jovens. O dinheiro anda pesando muito no futebol, graças ao capitalismo ao extremo. E o pior é que ao invés da torcida apoiar até o fim, invadem o campo em protesto...

Não só torço para River não ser rebaixado por ser meu clube argentino favorito, como também pela tradição da equipe. Clubes tradicionais sendo rebaixados sempre me doi, mesmo que seja um Boca Juniors, Manchester United (rival do meu Chelsea); Benfica e até mesmo o Corinthians, pois afinal futebol primeiramente é diversão, ao invés do que pensam os torcedores fanáticos (ao extremo).

#FuerzaRiverPlate

#O que acharam do novo visual do blog? Deixe um comentário com sua opinião.

2 comentários:

  1. Acho quase impossível e o futebol do River tá muito fraco pra poder reverter esse resultado. Eu não esperava o River passar por essa. E o blog tá bem legal.

    ResponderExcluir
  2. Também acho bem difícil, mas como torcedor e amante do futebol tenho esperança. Jogam em casa com uma bela de uma pressão.
    #FuerzaRiverPlate
    Abraço!
    Felipe Simonetti

    ResponderExcluir