9 de julho de 2011

A falta que faz um centro-avante

Mano Menezes montou uma Seleção Brasileira cheia de estrelas. Fez uma constelação com Ganso, Neymar, Robinho, Pato... mas se esqueceu de um centro-avante de ofício. Colocou o 9 do Milan, porém a função não foi bem exercida por ele. Quando entrou o paradão Fred, ele fez um belo trabalho e conseguiu empatar o jogo de hoje, contra o Paraguai.

Leandro Damião seria um bom nome para para vestir a 9 amarelinha. Pato poderia ser recuado e servir de segundo atacante, chegando mais de trás. Neymar poderia aparecer aberto de um lado e Ganso de outro. O 10 do Santos comandaria o meio ficando menos ofensivo e ocupando também o meio. Ramires seria mais liberado para sair jogando enquanto Lucas Leiva ficaria preso como volante. Com as subidas de Ganso para o meio Dani Alves teria o corredor para jogar. Assim os jogadores não teriam tanta preocupação em fazerem um papel que não é o seu.

Vi Pato receber inúmeras bolas chutadas por Thiago Silva da defesa e não conseguindo pegar bem. Não podemos jogar assim. Com Damião de centro-avante Pato estaria mais livre para trabalhar. Robinho seria barrado, o que não agradaria a CBF, todavia Mano não pode servir de marionete do senhor Ricardo Teixeira.

Falta um esquema bem definido à Seleção. Sinto falta atacantes mais soltos. Neymar tem que jogar coletivamente e ajudar Ganso. Não precisa parar de driblar, porém ser eficiente. Hulk também seria uma ótima alternativa para a Seleção. Ganso iria para a direita e Hulk assumiria o corredor esquerdo. Assim que montaria a Seleção. E você? Deixe seu comentário com sua escalação e uma explicação do esquema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário