20 de outubro de 2011

Falta um armador

Milton Cruz é uma das pessoas que mais conhece o elenco do São Paulo; já está no clube a um bom tempo e por muitos é considerado o técnico ideal para o tricolor paulista. Foi ele quem comandou o São Paulo no 1-0 de ontem sobre o Libertad. Luís Fabiano marcou seu gol, para a felicidade dos são-paulinos, mas ainda falta algo nessa equipe.

Cícero e Dagoberto estavam compondo o meio, uma vez que Lucas estava muito aberto e o camisa 25 voltava para dar assistência. Entretanto não é assim que a equipe deve jogar; estávamos perdendo poder de fogo com essa volta de Dagol e Cícero precisava de ajuda.

Hernanes seria o nome perfeito nesse elenco que precisa de um bom armador. O ex-camisa 10 tricolor joga em diversas (se não todas) posições do meio-de-campo, além de ser bom em bolas paradas e ser ambidestro. O jogador da Lazio cairia bem na vaga hoje ocupada por Cícero, que não é um jogador ruim, todavia o São Paulo precisa de algo melhor.

A composição de volantes está perfeita. Wellington trabalha como primeira volante, auxiliando a defesa e Denílson é mais livre para jogar. Casemiro é o nome ideal, porém o volante da Seleção Sub-20 ainda precisa ganhar experiência, já que segue se atirando. Lucas precisa de um companheiro de qualidade e Hernanes é um ótimo nome.

Hernanes não é a única opção. Precisamos de um jogador que saia para o jogo, ao estilo D'alessandro, Montillo, Conca e Thiago Neves.

O São Paulo já está de olho em contratações para o ano que vem. Paulo Miranda (zagueiro do Bahia) já assinou um pré-contrato, porém a diretoria do clube quer mais um defensor e corre atrás de Emerson (Coritiba) e Rafael Tolói (Goiás). Para o meio seria ideal a contratação de um jogador como Hernanes. Fabrício (Cruzeiro) também interessa aos são-paulinos, mas ainda faz um papel muito recuado (posição que o São Paulo tem jogadores de sobra).

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. O São Paulo que não me faça a cagada de trazer o Fabrício. Nada contra o jogador, mas, além de ter sido recomendado pelo Adílson Batista - que já saiu - seria dinheiro gastado à toa. Já temos Wellington, Denílson, Casemiro, Carlinhos e até o próprio Cícero como volantes.

    Precisamos saber contratar os reforços certos, na medida certa. E esse reforço precisa ser um meia, TODOS sabem disso.

    ResponderExcluir
  3. Trazer Fabrício seria jogar dinheiro fora. Já demos milhares de volantes, como você disse (sem se esquecer dos da base). Um cara ao estilo Hernanes e um bom atacante para acompanhar o Fabuloso, já que Dagol irá sair, seriam os ideias para o clube e deveria se focar apenas nisso. Depois pensa no resto.
    Abraço

    ResponderExcluir