28 de fevereiro de 2012

Qual o problema?


Esse papo de Seleção Brasileira é muito complicado, pois nunca se sabe de quem é a culpa. A vitória magra e apertada por 2-1 criou várias hipóteses de quem foi o culpado pela má fase da equipe canarinha. Será Ricardo Teixeira? Mano Menezes? Ronaldinho Gaúcho?



O problema não está em nenhum posto da hierarquia "cebeéfica", mas sim em um conjunto de fatores. Mano não é a melhor opção para comandar nossos craques como muitos deles não são os ideias. Fernandinho, Ronaldinho Gaúcho e talvez até Leandro Damião (que passa por uma fase de gols escassos) poderiam dar espaço a outros jogadores. Devido aos poucos amistosos não vale a pena insistir tanto em um único atleta, se não deu certo, tenta outro e aos poucos retoma as chances do que ia mal.

O entrosamento também pesa muito nesses casos. Nesta partida, percebemos que Neymar estava preso jogando junto ao camisa 10 do Flamengo. Os passes eram forçados para o R10: jogo não fluía. Com a entrada de Ganso constatou-se que o jogo era outro, a bola rolava, os dois peixinhos brincavam de jogar. Ainda existiam falhas graves, principalmente em jogadas simples e falta de chutes, não obstante o Brasil melhorou muito.

Obviamente cada um tem a sua parcela de culpa. Não teve um que vestiu bem a amarelinha hoje. Neymar no final não estava tímido como no começo e chances foram criados, por sorte vencemos com um gol no final, mas e se começarmos com esse time entrosado? Provavelmente o jogo será outro. Mano, jogue para vencer, esqueça a idade dos jogadores, afinal, se estiver voando em 2014 o cara tem mesmo que entrar em campo.

PS: A camisa nova ficou bonita ein! Toda amarelinha! Mas curti mesmo foi a do Júlio César, preta com detalhes em cinza.

Acompanhe o NossoFutebolClube também por Twitter e Facebook

4 comentários:

  1. A camisa ficou show! Só me confundi com os milhões de capitães em campo por causa da faixa verde hehe

    O Brasil tá fraquíssimo mano! Desse jeito podemos nos preparar para mais uma escassez como nos meados de 1970 e 1994... Espero que eu esteja totalmente errado!

    Mas o esquema tático foi assim? Desculpa ser chato hehe, mas sou meio viciado nisso. Não tenho certeza mas acho que Hernanes abriu na direita, Neymar na esquerda e Ronaldinho centralizou. Fernandinho e Sandro ficaram plantado e David Luiz ficou na esquerda (outro que mandou mal...)

    ResponderExcluir
  2. No David Luiz realmente errei, mas o esquema era uma variação deste 4-3-3 e um 4-2-3-1. Ronaldinho e Neymar eram os mais fortes do meio, caindo pelas pontas, eventualmente o Hernanes subia, jogando desta forma que você disse.

    Sobre a Copa acho que ainda está longe, vivemos um período difícil, mas acho que dá para reverter. A força da torcida será grande também...
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Tive pensando numa coisa. Não tem tanto (ou nada!) a ver com esse texto, mas não tenho outra forma de falar contigo e gostaria de saber sua opinião hehe.

    O que você pensa sobre o Hulk? Vejo várias pessoas que são fãs dele e o botam lá em cima. Acho um bom jogador. Tem raça, vigor físico fora do comum, faro de gol, chute super potente, mas não tem uma grande qualidade técnica. É bom. Mas nada fora do comum. Com essas características que citei acima manda bem dentro de campo e mostra nível que jogar bem na Europa e representar a seleção de forma convincente, mas, na minha opinião, faz tudo isso com sua categoria e técnica limitada e com seu jeitão trombador.

    Concorda? Discorda? Serei linchado?

    Desculpa por ter usado o espaço de outro assunto para perguntar isso hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ta tranquilo usar esse espaço. Use quando achar necessário.

      Isso dá até um post interessante, mas já vou te adiantar minha opinião. Sou muito fã do Porto e o acompanho desde a temporada 2009-10. O Hulk explodiu em 2011 (com o Villas-Boas) a ponto de ser o melhor brasileiro na Europa. Foi artilheiro da Liga Sagres, campeão de quase tudo e ainda levou a Europa League. Jogou muito, mas ele precisa um matador nato dentro da área (como era o Falcao). Ele vai carregar a bola o campo inteiro e chegar perto da área ou pra chutar ou pra dar um ótimo passe (como seria aquele contra a Bósnia).

      Hoje ele não é um mega jogador, bom, de nível de Seleção.

      No fim de semana falo sobre ele aqui.
      Abraço

      Excluir