30 de março de 2012

Quem pode, pode


O Fluminense fez uma partida confortável contra o Zamora, pela Libertadores. Jogou como quem parecia escolher o melhor momento para marcar e matar o jogo; e foi isso que aconteceu. Rafael Sóbis anotou aos 35 do segundo tempo e classificou com antecedência o Tricolor para as oitavas-de-final da competição.

Cercado de polêmicas, o jogo desta quinta, foi do Flu. O time de Abel Braga sofreu ao menos dois pênaltis na partida: lances duvidosos em Diguinho, Fred e Carlinhos. Na Venezuela os cariocas não fizeram uma boa partida, mas por que podem, afinal são o melhor time da maior competição das Américas. Estavam confortáveis e fizeram o gol da vitória quando estavam pior.

Um time com Fred, Deco, Thiago Neves, Diego Cavalieri, dentre outros, tem o controle de uma partida contra a pior equipe de seu grupo, apesar das adversidades do futebol. Ninguém brilhou, entretanto o conjunto soube jogar a competição com folga, para evitar excesso desnecessário de fadiga, cartões e até lesões.

Agora, classificado, com descanso, o Tricolor das Laranjeiras, terá tempo para se concentrar no Campeonato Carioca (que eu aposto que leva logo na Taça-Rio) e no adversário das oitavas; tendo o luxo de até ignorar o resto da fase de grupos. Abel Braga soube compor uma situação tranquila para fazer o Fluminense dar sequência às boas temporadas que tem feito.

Acompanhe o NossoFutebolClube também por Twitter e Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário