19 de maio de 2012

A final mais esperada do ano

Munique é uma cidade pacata e tradicional, assim como seus moradores. Entretanto as 15h45 (horário de Brasília) deste sábado a capital da Alemanha se tornará a capital do futebol e todos os olhos se voltarão para uma peça moderna de arte, a fantástica Allianz Arena. Bayern de Munique e Chelsea disputam no moderno estádio o título mais cobiçado da Europa, a UEFA Champions League. Quem levantará a taça?

A briga será acirrada; final nunca é fácil, mas os bávaros são favoritos na disputa. O time de Robben, Muller e Mario Gomez tem o coincidente fator casa e haverão não só os torcedores da dividida arena, mas a cidade estará vestida de vermelho. Por mais que seja uma final e o estádio seja "neutro" em relação ao mando qualquer vantagem já conta muito e o Bayern largou na frente.

Antes da bola rolar os cavalos de aposta correm juntos, um ao lado do outro, todavia a preparação, qualidade e experiência contam a favor do vermelho. Em um 4-2-3-1, mesmo com desfalques, a equipe bávara tem um entrosamento maior da equipe, que já se conhece de algumas temporadas. A tradição conta, o dono de várias medalhas da corrida entra em campo com moral.

O vermelho é brilhante, lindo. Mas o pobre-coitado azul não vai deixar fácil. Di Matteo endurecerá o jogo (também no 4-2-3-1) fora de casa. A defesa estará posta para enfrentar o batalhão alemão e aproveitar as brechas, para como no jogo contra o Barcelona, marcar seus gols. Podem não ser os mais experientes ou colegas de longa data, contudo a força de vontade para conquistar a primeira UCL fez o Chelsea chegar longe e por que não vencer a final.

Um confronto gigante entre as melhores equipes da competição, as quais acabaram com o favoritismo de Real Madrid e Barcelona, é com certeza especial. Charmoso e conquistador ao mesmo tempo de surpreendente a decisão não passará sem o meu palpite. O embate será duro, não obstante os alemães levantarão o caneco ao bater os Blues por 3 a 1. Sem Ramires o time perde velocidade, sem Terry falta liderança, o quebra-cabeças tão bem montado pelo técnico interino tem peças faltando.

Acompanhe o NossoFutebolClube também por Twitter e Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário