21 de junho de 2012

Desabafo de um torcedor

Não deu. Falhamos. Não fomos tão piores, foi coisa do futebol mesmo. O São Paulo acreditou até o fim é essa a postura que gosto de ver. Não estou neste por para chamar um jogador ou outro de pipoqueiro, muito menos para pedir a cabeça do Leão, mas sim para fazer um desabafo.

Como torcedor, estou desnorteado, sem saber o que fazer, afinal não é (e quando for o futebol perderá a graça) aceitável ver o sucesso vazar pelas mãos. Era um gol que faltava e não entrou. Rhodolfo falhou, mas a culpa não é dele. Lucas poderia ter sido mais participativo, contudo não foi a nossa jóia que deu a vaga para o Coxa. Acidentes acontecem nas melhores famílias e tudo tem acontecido contra o Tricolor.

Desde 2008 o título está pronto para ser deliciado, o grito de "é campeão" pronto para ser soltado, todavia a ironia do destino impede. 2009 foi ver o Brasileirão cair no colo do Flamengo e Ricardo Gomes ser chamado de burro. 2010, novamente o ex-técnico foi xingado, entretanto desta vez perdeu o cargo ao ser eliminado nas semi-finais da Libertadores para o Internacional. 2011, um ano apático, sonolento, sem graça. Nada de bom nas mãos. 2012 era o ano perfeito: Cortez, Luís Fabiano, Jádson, Lucas e um time embalado para ser campeão e novamente não veio o título.

A noite já era ruim quando acabou o jogo. Ter que aguentar os coxas-brancas gritando eliminado foi duro e mudar de canal foi necessário. Outra decepção: Corinthians 1 X 1 Santos. Os alvinegros (para não dizer gambás) chegando na final da Libertadores e tornando o sonho até então impossível em grandes chances de levantar o caneco e tirar a piadas das "más línguas".

Era um gol que faltava e não entrou. Era a bola do Luís Fabiano ou a do Lucas que poderia ter entrado. Qualquer chute do Alan Kardec, Neymar e Borges e... nada! Noite péssima, e o pior: no dia do meu aniversário.

Em momentos como esses não há como ser impessoal e isso é o futebol. O que tem que acontecer é saber conviver de forma sadia com outros torcedores, como aceitando brincadeiras como o apelido ,citado por mim, de "gambá" aos corintianos. Não pretendia postar nada essa semana, contudo achei necessário. Realmente foi um desabafo, em um tempo que não há chances (nem graça) de fazer um boa análise.

Acompanhe o NossoFutebolClube também por Twitter e Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário