26 de julho de 2012

Perdeu, Ganso!


Paulo Henrique Ganso foi considerado um dos maiores jogadores do Brasil e com vaga garantida na Seleção Brasileira até o início de 2011, a partir daí o camisa 10 do Santos (?) começou a preocupar mais com lesões, atitudes extra-campo e o mais importante: a qualidade do futebol. A 10 da Seleção então ficou vaga e recentemente um jovem atleta colorado a assumiu. Oscar é o nome maestro canarinho e vem se dando bem na posição.

Com poucos jogos com Mano Menezes o novo garçom brasileiro conquistou a confiança de seus companheiros e, o mais difícil, da torcida do Brasil, tão preocupada com o futuro de sua Seleção, que só cai no ranking FIFA.

Se restava alguma dúvida que ele é o nome certo para vestir a camisa que já foi de Pelé, ela acabou hoje. O novo jogador do Chelsea participou efetivamente do jogo entre Brasil e Egito, válido pelas Olimpíadas. No primeiro gol, Oscar encontrou Rafael, o qual encheu o pé de esquerda para abrir o placar. Pouco tempo depois, novamente ele, tirou do goleiro egípcio e achou Leandro Damião que marcou para encerrar seu jejum de gols.

Além de habilidoso, o novo camisa 10 da Selê mostrou ser coletivo. Joga bem em equipe ao não se preocupar em fazer gols ou ser o protagonista; para ele servir os craques está ótimo. Ele faz o simples bem, o que faltava na equipe que joga a base do futebol-arte de Neymar.

Logicamente é cedo para dizer que será titular em 2014, contudo é um ponto a ser pensado até o fim do ano, uma vez que os dois anos restantes para a Copa do Mundo voam com os poucos amistosos. Ganso perdeu a vaga para um jogador mais calmo, paciente e seguro.

Acompanhe o NossoFutebolClube também por Twitter e Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário