7 de novembro de 2009

A cobiça corintiana

por: Felipe Simonetti

O Corinthians quer se reforçar o máximo para conquistar a Libertadores no ano de seu centenário - 2010. O clube paulista já trouxe Ronaldo, que se destacou demais, jogou bem, mas se lesionou voltou machucou de novo e acabou diminuindo o ritmo. Edno, ex-Portuguesa também chegou, o meia ainda não teve sua chance de mostrar o que realmente joga, mas acho que não brilhará no Timão. Marcelo Mattos e Edu não jogaram nada desde que chegarão. E Defederico? O argentino não é nada demais. Disiam que era o novo Messi, um próximo Riquelme, Maradona... Mas Defederico não mostrou trabalho, apenas gastou dinheiro do Timão.

Todos estes investimentos não foram bons. Ronaldo brilhou muito no início, mas era para se consagrar em 2010 no centenário. Será que isso acontecerá? E se Riquelme chegar, será que dará certo? Creio eu que no início fará gols e pelas partidas, mas desandará e acabará como Ronaldo, machucado, mas com fama.

A cobiça do Corinthians está muito grande. Querendo trazer Roberto Carlos, Juan, Riquelme, acho que este dinheiro poderia ter sido gastado com outras coisas como a construção de seu estádio particular, ou campanhas para trazer mais torcedores ao estádio.

O Timão deveria ter feito como fez quando foi rebaixado, trazer jogadores de pouco peso financeiro, mas de grande habilidade, assim como Chicão, William, Alessandro e André Santos. Um time que fez muito disso é o São Paulo que muitas vezes trouxe jogadores de graça, como Josué e Mineiro e os vendeu por fortuna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário