10 de abril de 2010

A taça sem dono

A taça de bolinhas é uma taça criada pela CBF para o primeiro tricampeao brasileiro seguido ou o primeiro penta campeao brasileiro alternado (nao necessáriamente seguido) e há uma grande polemica envolvendo essa taça.

A taça é disputada entre Flamengo e o São Paulo. Ocorre que, durante a disputa da Copa União, em 1987, o Flamengo, Campeão do módulo verde (equivalente à primeira divisão atual) se recusou a participar de um quadrangular envolvendo o Sport de Recife, campeão do módulo amarelo (análogo à serie B atual), conforme previa o regulamento da competição. A CBF, após longo processo jurídico proclamou o Sport campeão da Copa União, o que o Flamengo contesta até hoje. O São Paulo, como não tem nada a ver com isso acabou por, ao menos formalmente, conquistar o penta-campeonato antes do Flamengo e quer a taça. Já o Flamengo apela para o que considera mais justo pois "não faz sentido definir o campeão brasileiro fazendo quadrangular entre os campeões e vices das séries A e B".
A polêmica entre o que é juricamente legal e o que é intuitivamente correto parece que vai continuar por muito tempo. A velha briga da razão e da emoção. Podemos desrespeitar regulamentos consensados após o início da competição? Que abertura isso daria para que outras tantas decisões sejam desrespeitadas? Por outro lado, como faz sentido, na nossa visão de hoje algum dirigente da CBF propor que o campeão seja definido da forma como estipulava a Copa União? Por que ceder aos caprichos politiqueiros da CBF?
Você concorda com a Presidenta do Flamengo Patícia Amorim que esté muito apreensiva e dando muito valor a taça assim como a torcida rubro-negra e a dirigência do Sao Paulo e é claro asmbas as tocidas, ou é umo a dirigência do clube carioca que diz que essa taça é super valorizada e que se for recebida não faraá duferença

Bem, você tem uma opinião formada? Qual seu ponto de vista? Esqueça seu time, pense no caso e faça seu comentário aqui no Nosso Futebol FC.




Nenhum comentário:

Postar um comentário