28 de agosto de 2010

Como tratamos nossos ídolos?

Pense nos grandes craques do futebol brasileiro, nos artilheiros das copas em que fomos campeões. O que esses jogadores significam para você? Para o Brasil? Você deve ter pensado em grandes craques da bola, mas já parou para pensar como eles são tratados hoje?

O futebol não vive somente do presente, nosso passado é muito vitorioso, mas você se lembra dos craques brasileiros dos tempos de Pelé? Sabe qual a situação atual deles?
Alguns desses que nos deram tantas alegrias e que deram início a todas as vitórias para nosso país,simplesmente passam fome e vivem a margem da sociedade.Recentemente diversos atletas que jogaram há muitos anos estão dependendo de doações e ajuda para sobreviverem, como o craque Washington César Santos que jogou pelo Fluminense e meses atrás foi ajudado pelo seu ex-clube no "Washington Day".

Muitos de nossos ídolos -representantes brasileiros internacionais- estão hoje esquecidos ou são ridicularizados! É o caso de Ronaldo "Fenômeno" que para a esmagadora maioria dos brasileiros é apenas um gordo que saiu com travestis, faça você mesmo o teste, pergunte para algumas pessoas o que elas pensam do Ronaldo ou apenas cite seu nome e palavas como gordo aparecerão, é uma vergonha! Abaixo vêem-se alguns exemplos:




Se isso não é desrespeito, não sei o que é!

Além do Ronaldo "Fenômeno" também temos o Gaúcho, assim como o R9 caiu de rendimento ultimamente, mas é como um músico que fez um grande trabalho durante a carreira, mas que não está mais vivo, porém deve ser sempre apreciado e não ridicularizado.

Não é preciso muito esforço para perceber que a verdade é que no Brasil não sabemos reconhecer nossos ídolos, não sabemos agradecer (sem querer generalizar) nós brasileiros e nós seres humanos ainda temos muito a aprender e enquanto não nos colocarmos no lugar de nossos ídolos não merecemos tê-los.

Feito por: Daniel Ferreira, Fernando Menezes e Felipe Simonetti
postado às: 23h40

Nenhum comentário:

Postar um comentário