13 de agosto de 2010

Surgiram de repente?

Na Copa do Mundo de 2010 víamos que a Seleção de Dunga não tinha opções no banco, reservas que substituíssem à altura jogadores como: Kaká, Robinho, Elano, Daniel Alves e até mesmo o tão criticado Michel Bastos. O principal problema era no meio e a mídia cobrava de Dunga jogadores como Ronaldinho e Ganso neste setor do campo. Dunga foi demitido; Mano Menezes assumiu e vimos que no Brasil temos sim diversas opções para banco. A seleção jogou muito bem contra os Estados Unidos que sufocou o Brasil na Copa das Confederações com MEIAS como Neymar, Ganso, Carlos Eduardo e Robinho. Sendo que ainda faltaram jogadores no setor de frente como Bruno César, Hernanes, Wesley e Cleiton Xavier. Será que todos esses meias surgiram de repente?


Neymar(11), o craque da nova geração. (Foto: Reuters)

Para a Copa, Dunga levou Kaká, Ramires, Elano, Felipe Melo, Gilberto Silva, Kléberson, Júlio Baptista e Josué, por que não levar um Ganso ou Neymar no lugar de Kléberson e Júlio Baptista, poderiam fazer a diferença em jogadas individuais.

Claro que Dunga não convocou os Meninos da Vila para a Copa porque não os acha bom, mas acredito que a teimosia do técnico é enorme. Quando todos pediram Luís Fabiano na convocação ela demorou, assim também aconteceu com Amauri, Fábio Aurélio e é claro a nova geração santista.

Mano Menezes é influenciável pela mídia de certa parte, mas também reconhece que todos os jogadores já citados são craques e convocou-os. Ele sabe impor a sua forma de jogo agradando os brasileiros, mas não podemos dar tanta bola para o novo técnico já que jogou apenas uma partida; mas por seus trabalhos anteriores acredito que seja um ótimo comandante que se der certo pode levar o Brasil ao título da Copa de 2014, com jogadores como Ganso, Neymar, Wesley, Robinho, Phillipe Coutinho, Wellington Silva, Caio e companhia.

Postado às: 22h21

Nenhum comentário:

Postar um comentário