12 de setembro de 2010

A evolução da camisa 1 nos últimos anos

Pelas boas atuações Fernando Prass virou ídolo e agora bonecos
com seu rosto são vendidos.

Nos últimos anos os grandes clube brasileiros estavam "desfalcados" de bons goleiros. O Botafogo fez diversas contratações, passando por Júlio César, Lópes, Renan, Fábio, Castillo etc e hoje chegando ao fixo Jefferson que já foi até chamado para a Seleção Brasileira. Outro caso marcante é o do Vasco que teve Sílvio Luiz, Cássio, Roberto, chegou a firmar Rafael, mas foi afastado e acabou sendo negociado com o Fluminense; mas hoje achou a muralha Fernando Prass.

Tiveram clubes que não passaram tanto aperto no passado mas provavelmente terão dificuldade daqui a alguns anos. Esse é o caso de São Paulo, Palmeiras e Goiás. O tricolor está se preparando para se despedir de Rogério Ceni, que pendurará as luvas em 2012, como o Palmeiras que breve perderá Marcos. O esmeraldino já está a mais de 15 anos com Harlei que também irá se aposentar. Hoje é difícil revelar um bom goleiro, e contratar mais ainda, já que por todas essas dificuldades os clubes prendem seus arqueiros com contratos longos.

O Flamengo está passando por uma fase difícil. Após a prisão de Bruno, o goleiro Marcelo Lomba teve uma vaga inesperada garantida e acredito que não estava preparado, hoje está se arrumando, mas acho que não chegará aos pés do que o Bruno fazia dentro de campo.

Clubes como Grêmio, Internacional, Cruzeiro e Santos não se preocupam, pois tem bons camisas 1 que fecham bem a meta. Respectivamente são Victor, Renan, Fábio e Rafael que agarram nos clubes listados.

O Corinthians passou por um momento difícil ao brigar com Felipe, que hoje joga pelo Braga-POR. Júlio César assim como Marcelo Lomba não estava tão bem, mas hoje já traz mas segurança para os corintianos.

Qual será a dificuldade de revelar bons goleiros? Meias e atacantes temos de sobra, mas quem salva o time quando não resta mais nenhum jogador é o goleiro.
Comente!
Postado às: 02h21

Nenhum comentário:

Postar um comentário