19 de fevereiro de 2011

A um bom tempo não vejo o São Paulo jogar assim

O São Paulo jogou muito neste sábado (19); um São Paulo que não via jogar assim a um bom tempo. O tricolor passava rápido com a estratégia de no máximo dois toques. A velocidade e o poder de definição foram decisivos neste jogo. Carpegianni e o elenco tricolor mostraram que não precisa de um finalizador, como era Washington, Borges e Fernandão, e venceram o Bragantino por 4-0.

Lucas (7) comemora em cima do escudo do São Paulo seu primeiro gol
após a disputa do Sul-Americano sub-20 com a Seleção Brasileira. (Foto: Tera)
Apesar de citar tanta velocidade, habilidade etc o primeiro gol foi de ombro (apesar da intenção ser a cabeçada) de Miranda, após falta muito bem cobrada por Dagoberto. Rogério Ceni teve a oportunidade de marcar seu 99º gol, mas a cobrança do pênalti sofrido por Fernandinho parou nas mãos do goleiro Rafael Defendi. No final do primeiro tempo ainda deu tempo de marcar mais um. Fernandinho e Dagoberto tabelaram e o primeiro mandou para o fundo das redes.

Na segunda etapa o tricolor do Morumbi manteve o mesmo ritmo de troca de passes e velocidade. Dagoberto, Juan, Lucas e Fernandinho foram os principais responsáveis pelas jogadas de velocidade e Carlinhos Paraíba e Casemiro com a ajuda de Jean organizaram bem o meio. Juan teve a oportunidade de marcar mas pegou mal e acabou mandando por cima do gol. Minutos depois Fernandinho, em jogada bem semelhante a anterior, bateu cruzado e o jovem Lucas bateu e marcou seu gol. Na comemoração foi para o escudo do São Paulo comemorar com muita felicidade. Fernandinho saiu com dores nas costas e Willian (José) estrearia. Em um dos primeiros lances do estreante ele encheu uma bomba e marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor. Ilsinho ainda teve a chance de ampliar, mas se embolou e perdeu para o goleiro.

O São Paulo se organizou bem e com jogadas velozes definiu o jogo. Fernandão atrapalhava o São Paulo; ele não sabia fazer um bom trabalho de pivô, apenas definia as jogadas; o que limitava o poder de criação tricolor. Com um falso trio ofensivo (Dagoberto, Fernandinho e Lucas) o São Paulo enganou o Bragantino com a troca de posições de Dagol e Lucas. O meio também se organizou. Quem se destacou também foi o zagueiro Rodolpho que teve um pouco mais de liberdade para criar e chegou a fazer bons cruzamentos.

Com está vitória o São Paulo subiu para segundo (atrás do Palmeiras), mas perderá a posição para Santos ou Corinthians que se enfrentam amanhã. Por ter vencido o Treze por 3-0 na Copa do Brasil o time de Carpegianni eliminou o segundo jogo e terá uma semana para se preparar para enfrentar o Palmeiras, domingo que vem no Morumbi, as 16h00. Já o Bragantino pega a Portuguesa, também no domingo, porém as 19h30 no Canindé.

2 comentários:

  1. Não deixe de deixar SEU blog do jeito que VOCÊ quer por causa dos OUTROS, ou por causa da SUA audiência, que foi VOCÊ quem conquistou.

    Eu mesmo estou negociando com o dono do domínio www.blogdojoca.com.br para, então, deixar o JOCAFUTEBLOG de lado.

    Abraços,

    Joaquim

    ResponderExcluir
  2. Joca,
    Também acho que o blog tem que estar da forma que eu quero, pois afinal ele é meu (sem querer desmerecer os leitores). Só que estou querendo fazer medidas drásticas, incluindo o nome; por isso a preocupação com o que irão achar; mas obrigado pela opinião.
    Um abração,
    Felipe Simonetti

    ResponderExcluir