17 de outubro de 2011

Planeta Bola: O surpreendente Montpellier

Na Ligue 1, todos se mostravam ansiosos pelo desempenho dos poderosos Lyon, Olympique de Marseille, PSG e Bordeaux. No entanto, um clube vem roubando a cena em meio aos grandes, este é o Montpellier, que após ter terminado em 5° lugar na temporada 2009/2010 sob o status de recém-promovido, a equipe busca surpreender ainda mais e em sua terceira temporada na elite do futebol, o modesto time já ocupa a vice-liderança na liga, em meio a 10 rodadas decorridas.

Jogadores e comissão técnica mantém discursos cautelosos. Contudo, frente as glórias conquistadas pela equipe nos últimos nos anos (além do 5° lugar já citado em 2009/2010, a equipe foi finalista na última edição da Copa da Liga), nada mais justo do que já começar a ter sonhos altos.

Com apenas o 14° maior orçamento comparado a todos os outros times franceses, o Montpellier vê seu presidente, Louis Nicollin, exercer mandato desde 1974, sempre gerindo com muita a energia o time. Nestas condições, o clube achou um técnico também bastante energético, René Girard, vem fazendo um excelente trabalho frente a equipe, sempre baseado em muita raça e vontade, o que acabou por render a fama de violento.

Os jogadores da equipe são relativamente modestos, sem muito alarde, costumam mostrar muita personalidade dentro de campo, característica que vem a ser fundamental no time. As confianças são depositadas, especialmente, no trio composto pelos meias Marco Estrada e Younés Belhanda, além do
atacante Olivier Giroud, que não vem decepcionando dentro de campo.

Com muita personalidade e energia, o Montpellier vai buscando surpreender ainda mais, para assim cravar seu nome na história do futebol francês, um plano a longo prazo e bastante audacioso, no entanto, em meio a tantas surpresas, tudo o que vier a acontecer, vem a ser demais frente a esse modesto clube.

Felipe Ferreira (@felipepf13) tem 14 anos, é fanático por esportes, sobretudo o futebol, e escreve em seu blog: http://territorioesportivo.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário