12 de dezembro de 2012

Foi mais fácil do que parece


Há quem diga que o Corinthians não teve vida fácil em sua estréia no Mundial Interclubes contra o Al-Ahly, assim como quem acredita que o clube egípcio merecia a vitória diante do clube paulista, contudo tudo isso não passa de uma visão errada partida de estréia do Alvinegro. Tite organizou seu time com maestria e soube defender precisamente e esperar os momentos certos para contra-atacar.

O time brasileiro entrou em campo aflito, apreensivo, contudo esse sentimento manteve-se apenas até os primeiros vinte e nove minutos de jogo, quando Douglas se passou por craque e efetuou um lançamento preciso na cabeça do único centro-avante corintiano, Paolo Guerrero, que abriu o placar. Daí pra frente o Corinthians conseguiu ter o jogo em suas mãos (ou em seus pés), mas nenhuma chance foi efetivamente concluída.

O que parecia ser um jogo de domínio paulista se converteu em uma pressão exagerada dos africanos que pressionaram o segundo tempo inteiro para furar a defesa adversário. Tentativa sem sucesso, já que exceto o tento de Guerrero, nenhuma bola foi ao gol em nenhum dos lados.

O Al-Ahly teve até bons lampejos, como o quando Fathi perdeu oportunidade clara de gol frente a frente com Cássio. Os papéis haviam se invertido, mas o Corinthians ainda era melhor. Defendeu atrás com dez homens, deixando apenas seu camisa nove para o contra-ataque, não obstante mesmo assim assustaram seus adversários com Romarinho, Danilo e principalmente Paulinho.

O Corinthians não passou sufoco na partida, apenas reteve seus ataques. Preferiu deixar os péssimos chutadores adversário chegarem para ter a oportunidade do contra-ataque. Nem um, nem outro adiantou e gol de Guerrero foi que decretou a vitória corintiana. Agora, o clube paulista deve ter uma tarefa bem mais dura: contra o Chelsea, que também deve se classificar sem grandes dificuldades.

Acompanhe o NossoFutebolClube também por Twitter e Facebook

2 comentários:

  1. Se abdicar do jogo como fez....
    Se Oscar não for pro banco...
    Se Mata fizer outra grande partida...
    E SE, PRINCIPALMENTE, baixar o cagaço no estilo Santos-do-Muricy-contra-o-Barcelona...
    Volta vice!

    Saudações!!!

    ResponderExcluir
  2. Estou sentindo o vice também. Não foi difícil vencer o Al Ahly, mas é bom lembrar que também não foi fácil. O Corinthians vai pegar um Chelsea que deitou e rolou no Monterey, enquanto vários comentaristas diziam que acreditavam na eliminação dos Blues.

    Não sou nenhum defensor de futebol europeu, por sinal, prezo muito pela evolução do esporte no Brasil, contudo não o que dizer: O Corinthians está em maus lençóis.
    Abraço

    ResponderExcluir