22 de agosto de 2013

O Personagem da Vez: Gareth Bale


O Brasil, a Argentina, Portugal e a Espanha têm dado bons frutos para o futebol mundial, dentre eles Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo e Iniesta, mas do País de Gales, depois de Ryan Giggs, não se esperava mais nada. Todos estavam errados e em poucos anos o galês Gareth Bale conquistou o cenário mundial jogando pelo Tottenham, virou cobiça e a contratação mais cara da história do futebol.

O menino até então franzino começou no Southampton com um futebol ainda indefinido, mas com gols e boas atuações ganhou prêmios e elogios. Com isso veio a recompensa e foi contratado pelo Tottenham, em 2007, pela incrível fortuna de 18 milhões de reais. Para uma aposta o valor era altíssimo e por isso Bale tinha que vingar.

Ele demorou um pouco, mas na temporada 2010-11 começou a ganhar os olhares do mundo. De lateral-esquerdo ele virou meia-esquerda e posteriormente um faz tudo, desde meia de ligação à segundo atacante. Gols de longas distâncias e assistências precisas o fizeram ser cobiçado pelos maiores clubes e ai começou a novela. Era proposta pra cá, caminhão de dinheiro pra lá e apenas agora o craque galês deixou os Spurs, clube pelo qual já declarou amor, para reforçar o Real Madrid de Cristiano Ronaldo.

Como os valores ainda não foram confirmados estima-se que Florentino Pérez (presidente do Real Madrid) tenha desembolsado 100 milhões de libras, ou seja, aproximadamente 368,9 milhões de reais, fazendo de Bale a contratação mais cara da história. Vale a pena pagar mais pelo galês do que foi pago pelo gajo? Isso eu não sei, só o tempo dirá; mas certamente foi uma excelente aposta.

Apesar de um pouco desengonçado, o meia é veloz, cobra falta como poucos, tem um potente chute e uma visão de jogo fantástica. Foi tudo isso que conquistou o mundo e os milhões de euros do Real. Depois disso, há dúvidas do porquê dele ser "O Personagem da Vez"?

Se ainda não acredita em tudo que o craque pode fazer, assista esse vídeo dos melhores momentos de Bale na última temporada:


Facebook | Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário