11 de setembro de 2013

FIFA 14 X PES 2014


Um ano se passou desde o lançamento da última demo dos jogos mais populares de futebol, o FIFA e o Pro Evolution Soccer (ou para os mais íntimos, o PES). E com esse um ano a polêmica de quem é melhor voltou e acredito que este ano a resposta é ainda mais evidente do que anteriormente.

O FIFA manteve tudo o que tinha de bom e aprimorou o jogo para deixá-lo mais real. Normalmente o jogo ficar mais lento é um ponto negativo; contudo, com nesse game isso foi uma vantagem. A velocidade das partidas diminuiu e o jogo de pingue-pongue, no qual a bola ia da defesa para o ataque com correrias nunca vistas nos campos do mundo real, acabou; no FIFA 14, o jogo está mais cadenciado, parecendo mais que você está jogando um futebol real. Além disso, os dribles, a movimentação e as animações estão perfeitas, fazendo do jogo da EA Sports um simulador de futebol quase perfeito.


O PES também teve suas melhorias: as animações melhoraram e a jogabilidade evoluiu consideravelmente; além do impecável gráfico e os ótimos licensiamentos terem sido mantidos e aprimorados. Nos momentos de gol, você sente como se o jogador realmenete tivesse marcado um importante tento, visto que grita e muitas vezes até interage com a câmera. Entretanto alguns bons degraus separam o jogo da Komani do da EA.

Os jogadores do Pro Evolution ainda me parecem um pouco travados e os movimentos não parecem reais. Muitas vezes o jogador move a sua perna como se fosse dar um chute fortíssimo, mas o que se vê é uma finalização fácil de ser defendida. O domínio de bola ainda parece estranho; a pelota corre demais e o atleta não detém um comando sobre ela. A cobrança de falta/escanteio/tiro de meta também não está legal; mudaram o sistema e tudo parece muito mais complicado, quando poderia ter se mantido o sistema antigo. Mesmo sendo mínimo, um outro ponto que me incomodou muito foi o carrinho. Quando pressiona-se o botão para o jogador aplicar uma rasteira ele parece escorregar um campo de sabão, atingindo jogadores a longas distâncias violentamente.

O péssimo novo sistema de cobrança de faltas.

Apesar de todo esse apontamento de erros o PES ainda cumpre bem com a função lúdica. Se você é um jogador casual de jogos de futebol o game da Komani pode ser uma boa opção, já que possui uma interface agradável e comandos simples. Já se você é um aficionado (pode ser também um iniciante) por jogos de futebol de videogame o FIFA é o seu jogo. Realista, bonito e entusiasmante, o jogo da EA dará uma experiência ótima ao player.

Como muito dizem por ai, o FIFA é um real simulador, já o PES um arcade que dará algumas poucas horas de diversão para os menos viciados. Sonho mesmo seria um jogo com a jogabilidade e os modos do FIFA, com os gráficos e as licensas do PES.

Facebook | Twitter

5 comentários:

  1. Que texto mais fanboy hahahha é só pesquisar pelas opiniões de fãs de ambas as franquias e verá que os jogos estão cabeça a cabeça, com vantagem para PES. Baixei ambas as demos e os jogos estão muito bons, mas o PES esse ano está muito mais simulados e hard-core enquanto o FIFA está mais para o jogador casual. Suas críticas ao PES são de quem não jogou ao menos 5 partidas para começar a se habituar com o estilo de jogo simulador e as mudanças. O FIFA está muito bom também, mas fora a movimentação dos jogadores muito boas, passa longe de ser simulação

    ResponderExcluir
  2. Que texto mais fanboy hahahha é só pesquisar pelas opiniões de fãs de ambas as franquias e verá que os jogos estão cabeça a cabeça, com vantagem para PES. Baixei ambas as demos e os jogos estão muito bons, mas o PES esse ano está muito mais simulados e hard-core enquanto o FIFA está mais para o jogador casual. Suas críticas ao PES são de quem não jogou ao menos 5 partidas para começar a se habituar com o estilo de jogo simulador e as mudanças. O FIFA está muito bom também, mas fora a movimentação dos jogadores muito boas, passa longe de ser simulação

    ResponderExcluir
  3. Anônimo,
    Baixei as duas demos no dia do lançamento. Como já jogo o FIFA a mais tempo foi nele que tive a minha primeira experiência desses jogos "de 2014". Gostei muito! Até acima das minhas expectativas; então peguei o PES e vi que tinha melhorado bastante, até tinha gostado muito; pensei em comprar principalmente para jogar o Rumo Ao Estrelato (modo do PES que é incomparável). Entretanto, com duas ou três partidas a mais eu perdi o gosto, achei um jogo meio truncado, travado no meio de campo; insisti e depois de umas 15 partidas em cada jogo eu dei o veredito que está no post.
    Para melhor compreensão eu poderia ter dito isso no post.
    Obrigado pelo comentário,
    Felipe Simonetti

    ResponderExcluir
  4. Baixei as duas demos para XBOX 360 e após algumas partidas segue MINHA opinião:
    FIFA 14: Não vi nada que me fizesse trocar esta versão pela do FIFA 13 que tenho e adoro! As únicas alterações foram nas telas do jogo (o que não influencia em nada para mim) e na jogabilidade, que confesso que não gostei.

    PES 14: Me surpreendeu visto que de 2011 até os dias atuais o FIFA era incontestávelmente melhor (tenho os FIFA 11, 12 e 13). Os gráficos estão lindos, a jogabilidade está muito boa (jogo mais cadenciado, bem próximo ao real) porém tiveram falhas que são inaceitáveis. Goleiros tão retardados que até meu irmão de 12 anos ficou puto! Os chutes não tem precisão no controle de direção nem de força e lags horrorosos nas animações.

    Sendo assim, ficarei aguardando anciosamente para qual jogo realmente me agradará mais, visto que a demo não reflete 100% do que será o jogo, mas creio que se a Konami corrigir os bugs citados acima, o PES será um jogo brilhante que com certeza comprarei e caso a EA não melhore o jogo de verdade, continuarei feliz com meu FIFA 13.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou admitidamente fã do FIFA. Desde o 10 comprei todos (com exceção em 2011, quando preferi experimentar o PES), e sinceramente, ainda acho que é um jogo bem superior. Mesmo não tendo mudado muito, eles arrumaram legal o que precisava arrumar; como eu disse, o ritmo do jogo está mais real, assim como a movimentação.

      Já o PES teve uma evolução absurda, mas ainda não passa um arcade pra mim. Não vejo semelhança com a realidade; são movimentos duros, movimentações ruins e falhas horríveis tanto do goleiro quanto do domínio de seus jogadores.

      Mas entendo a sua opinião! Isso que é importante, você se expressou bem e explicou seus motivos. Obrigado pelo comentário. :)
      Abraço,
      Felipe Simonetti!

      Excluir