18 de setembro de 2013

The Champions! 002


A primeira rodada da UEFA Champions League, que se iniciou ontem, teve continuação hoje. Teve de tudo nesse segundo dia: surpresa, ratificação de competência, confirmação do que se esperava; tudo de bom para uma rodada de um grande campeonato.

A surpresa
Ser um clube grande e ter o grupo mais fácil para avançar às oitavas de final não é motivo para subestimar o rival. Mourinho foi a campo com o time titular, diferente do que se especulava, mas mesmo assim sofreu a derrota. Oscar abriu o placar, contudo os Blues não mostravam expressão e sofreram a virada. O curioso é que esse era aparentemente um dos jogos que mais se esperava a vitória do favorito; o que não aconteceu. Mou, cuidado para não se complicar.


Irreconhecível
O Borussia Dortmund da estreia de hoje contra o Napoli não se parecia nada com o time que chegou à final da Champions League do ano passado atropelando o Real Madrid. Irreconhecível, o time de Marco Reus viu os italianos abrirem o placar com Higuaín e ampliarem com Insigne. Os alemães ainda diminuíram, mas quem teve que marcar foi Zuñiga (contra); o detalhe interessante fica para que se o lance seguisse (como ocorreu devido a indecisão imediata do juiz) o BvB ainda perderia o gol. Que time é esse?


M3SSI
Cristiano Ronaldo marcou três gols na estreia do Real contra o Galatasaray e “desafiou” Messi e fazer o mesmo. Para o argentino nada é impossível e contra o Ajax, contribuiu com três tentos para a vitória por 4 a 0 do Barcelona (o outro foi de Piqué). O incrível é como o camisa dez é eficiente dentro da área, se a bola cair na perna esquerda então, é letal. Além disso, vale destacar que Neymar teve uma ótima participação na partida com muita objetividade, em passes eficientes (deu a assistência para o gol de Piqué), e ousadia, em lances de velocidade e tentativas de aproximação à área.

Brasileirada
Além das ótimas partidas, a primeira rodada da UCL foi marcada pela chuva de gols de brasileiros. Tudo começou com os dois gols de Alex Teixeira, do Shakhtar; Thiago Motta (naturalizado italiano, mas brasileiro de nascimento) duas vezes e Marquinhos uma anotaram na vitória do PSG; Luisão contribuiu para a conta com um gol à la centro-avante pelo Benfica. Hoje, quem marcou foi Oscar (Chelsea), Miranda (Atlético de Madrid) e Hulk (Zenit); só faltou o Neymar que não empurrou a bola para o fundo das redes, mas ajudou com o cruzamento que terminou no gol de Piqué. #IssoÉBrasil.

Resultados
Chelsea 1-2 Basel
Schalke 04 3-0 Steua Bucaresti
Olympique de Marselha 1-2 Arsenal
Napoli 2-1 Borussia Dortmund
Atlético de Madrid 3-1 Zenit
Austria Wein 0-1 Porto
Barcelona 4-0 Ajax
Milan 2-0 Celtic

Facebook | Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário