22 de fevereiro de 2011

Forte candidato ao título

O Cruzeiro vem fazendo campanhas fortes e consistentes tanto no Campeonato Brasileiro, segundo colocado em 2010, quanto na Libertadores, onde chegou na final em 2009, mas perdeu para o Estudiantes. E este ano parece não ser diferente, quem sabe até melhor. O clube começou com o pé direito na Libertadores; dois jogos, um 5-0, contra o algoz de 2009, e um 4-0, contra o Guaraní-PAR. No Campeonato Mineiro a equipe comandada pelo técnico Cuca, que em minha opinião é um dos melhores do Brasil, encontrasse em 3° com apenas uma derrota, para o Atlético Mineiro.

Cuca vem fazendo um excelente trabalho e considero-o o segundo melhor técnico do Brasil, apenas atrás de Muricy Ramalho. Se Mano Menezes ainda estivesse jogando no país Cuca seria o terceiro, mas colado em Mano. O elenco também ajuda com jogadores velozes e que chutam bem de dentro e fora da área.

O gol é fechado pelo goleiro Fábio que pode ser considerado o melhor do Brasil. Gil e Victorino sabem sair jogando bem e não costumam deixar os atacantes passarem; o segundo ainda costuma participar bem nas jogadas aéreas de bolas paradas. Mesmo com a saída de Jonathan, para o Santos, as laterais continuam fortes. Pablo não vem jogando de forma aceitável, apesar de não ser um Jonathan; Diego Renan além de conseguir ficar bem ele participa bastante nos ataques cruzeirenses. O meio é bem formado; Henrique sabe passar bem e Montillo joga com velocidade e ótima visão de jogo. Marquinhos Paraná sabe ficar bem atrás e Roger precisa ganhar confiança. Ao meu modo de ver o ataque celeste é um dos mais fortes do Brasil tendo a opção de Wellington Paulista, Wallyson, Thiago Ribeiro, Farías, André Dias e Ortigoza.


Se jogar o que jogou no Brasileirão passado e manter essas atuações na Cobiça Americana pode quem sabe conquistar os dois. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário