8 de outubro de 2011

Joguinho sonolento

Nunca vi um técnico de Seleção poupar jogador. Se é pra convocar jogadores do melhor nível tem que jogar. Mano entrou com um time bem "reserva" no jogo de ontem contra a Costa Rica e tomou sufoco. Se os costa-riquenhos fossem um pouco melhor de pontaria teriam marcado. O primeiro tempo foi chato, mas o segundo podemos considerar que o Brasil jogou bem.

Como mostra a prancheta, Mano entrou em campo com Júlio César; Fabio, David Luiz, Thiago Silva e Adriano no setor defensivo. O técnico da Seleção preferiu deixar Daniel Alves e Marcelo, dois grandes destaques do Campeonato Espanhol no banco para por reservas. O meio já foi melhor escolhido, porém não rendeu tanto. Ralf fez o papel de volante defensivo enquanto Luiz Gustavo estava mais liberado para jogar, porém a bola não chegava nos matadores.

A escolha de dois volantes foi boa, assim teríamos os 4 homens de frente para definir bem soltos. Entretanto não foi bem assim. A bola não chegou em Neymar e Ronaldinho no primeiro tempo, muito menos em Lucas. Fred teve duas chances, mas acabou perdendo-as.

Pareceu que Mano acordou na segunda etapa e botou Hernanes, Oscar e Daniel Alves (além do goleiro Jefférson e Hulk nos momentos finais). O time mudou completamente de postura. Esses jogadores que entraram deram uma cara mais ofensiva para jogo. O ex-são paulino conseguia levar o jogo para frente, assim como o lateral do Barcelona. Oscar entrou bem e conseguiu arriscar algumas vezes, mas nada realmente perigoso.

Apesar do time ter melhorado, não demos um show. Falta o bom e velho futebol de Seleção Brasileira. Apenas o 1-0 contra a Costa Rica é pouco, ainda mais com um gol de sorte como foi o de Neymar, em uma falha da defesa. Mais uma vez repetirei: Mano tem que abrir o olho.

2 comentários:

  1. Olá Felipe

    Concordo plenamente que o jogo foi chato, eu mesmo dormi no meio dele. Mas, se me permiti discordar um pouco com o começo do texto, acho que o Mano não poupou os jogadores, e sim aproveitou o nível do adversário para fazer testes com atletas que ainda não haviam sido utilizados. Inclusive eu teria começado com o Hulk, que jogou pouquíssimo nessa era Mano, no lugar do Fred.

    E, se me permite fazer uma pequena correção, o Oscar entrou no lugar do Lucas,portanto o trio de que falou no penúltimo parágrafo não jogou junto.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado. É porque no GloboEsporte.com as substituição estavam confusas.

    Acho que poupou sim, pois não teria colocado mais reservas. Hulk, Oscar etc teriam começado jogando. Mas opinião é opinião.
    Abraço

    ResponderExcluir