3 de novembro de 2011

Será que ele toma jeito?

Nos últimos jogos Balotelli tem mostrado um futebol de alto nível, sendo um dos protagonistas da goleada por 6-2 sobre o Manchester United e marcando um gol na Champions League. Entretanto fora dos campos ele não é um jogador exemplar; fuma, trai a mulher, além de outras atitudes - inclusive bem bizarras.

O atacante do Manchester City já mostrava um ótimo futebol desde os tempos de Inter de Milão, porém não se comportava bem. Dentro das quatro linhas tem mostrado que pode ser titular, mas Roberto Mancini fica sempre com um pé atrás, já que desta forma poderia estar "apoiando" as atitudes do atleta. Penso que ele deve começar todos os jogos no banco até entrar na linha; primeiro devem cuidar da saúde mental de Balotelli para então permiti-lo jogar.

Ele parecia estar entrando na linha ao dizer que não tinha sido ele quem lançou fogos de artifício dentro de casa e sim um amigo. Além de apoiar uma campanha a favor da conscientização dos perigos que os fogos poderiam trazer. Ao marcar contra o Manchester United inclusive mostrou uma camisa com a frase "Why Always Me?" (Por que sempre eu?) e foi apoiado. Todavia esta semana foi pego traindo sua mulher, uma atitude lamentável para quem quer ser um ídolo.

Balotelli tem um ótimo futebol e pode inclusive ajudar a Seleção Italiana a conquistar o penta da Copa do Mundo, porém essas atitudes o deixam mais longe da lista de melhores jogadores do mundo.

Reconheço que a imprensa realmente pega no pé do camisa 45, não obstante ele dá motivos. Se tivesse entrado na linha a um bom tempo era bem capaz de ser um nome de destaque nesta lista dos 23 melhores jogadores do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário