16 de junho de 2010

Espanha x Suíça a primeira zebra da Copa.

Hoje, no estádio de Durban, Espanha e Suíça estrearam na Copa pelo grupo H, e a fama de “amarelona” dos espanhóis se fortaleceu, sendo derrotada por 1 a 0.



Na primeira etapa, a Espanha dominou o jogo e teve maior posse de bola no ataque da equipe adversária, porém sem êxito em suas conclusões. As principais jogadas foram armadas por Xavi e Iniesta com muitas bolas alçadas na área, mas faltava o matador para empurrá-la ao gol, e esse jogador seria Fernando Torres que estava no banco, pois está voltando de uma lesão e estava sem ritmo de jogo. A Espanha quase abriu o placar quando Iniesta lançou Pique aos 23, o zagueiro do Barcelona cortou o zagueiro e bateu para o gol, mais o Goleiro Benaglio pegou bem. No primeiro tempo, só deu Espanha que até jogou bem, os suíços só chutaram no gol em uma cobrança de falta defendida por Casillas, mais como já disse e repito, faltava o homem do gol da Espanha.

Na fase complementar a Fúria zacilou logo aos 6 minutos em um rápido contra ataque suíço onde Derdiyok aproveitou a falha da zaga e acabou dividindo com Casillas, no rebote Fernandes colocou a bola para dentro, para surpresa de todos, até mesmo dos próprios suíços que viram seu time no primeiro tempo ser massacrado pela Espanha, mais sem tomar gol, e novamente o ditado prevaleceu “quem não faz toma” não é verdade?



Após o gol tomado o técnico Vicente Del Bosque chamou imediatamente Fernando Torres e Jesus Navas, um atacante e um meia atacante, evidentemente colocando o time para cima. E não foi diferente, a fúria abalada ia com tudo para cima e sujeita ao contra golpe quase tomou o segundo, Derdiyok driblou Pique e Puyol e tocou na saída de Casillas, mais a bola vai na trave. Para mais desespero ainda os espanhóis viram Xabi Alonso mandar uma bomba no travessão, e depois diversos ataques desperdiçados, mesmo com todo mundo no ataque a Espanha parecia estar neutralizada pela defesa Suíça, que conseguiu segurar o placar até o final do jogo, completando 8 horas sem tomar gol em copas. Lamentavelmente a Espanha amarelou novamente, e mostrou que favorito não vence jogo, algo que esta mais que provado nessa copa, como Itália, frança e Portugal.
Alem da derrota para um time relativamente fraco, a fúria perdeu Iniesta no final do jogo sentindo uma lesão muscular, o jogador já vinha de lesão e era duvida para estréia.

postado as 21h00

Nenhum comentário:

Postar um comentário