15 de junho de 2010

A Europa, por FootEuro (Inglaterra e Portugal - Série Análise Copa)

* Desculpas pela falta de coluna na sexta-feira. Quarta ou quinta, reponho a de sexta passada aqui. Valeu.

Por: Matheus Pereira

AGORA SIM, É FAVORITA.

A Inglaterra, pela primeira vez, é realmente favorita. Tem um dos melhores elencos da Copa, mas sofre seriamente com as lesões. Beckham, Ferdinand e Owen ficaram de fora por causa do mal das lesões. Mesmo assim, é repleto de craques.

Bem, alguém tem alguma dúvida sobre o ataque da Inglaterra? cri...cri...cri. Rooney é o melhor atacante do mundo (não considero CR nem Messi atacantes). Sabe fazer gol, mas, ao contrário de muitos outros atacantes, como Drogba e o próprio companheiro de equipe Crouch, tem muita habilidade, sabe driblar e fazer passes. Na falta de um companheiro suficientemente bom para ser ao menos compatível, Heskey dá para o gasto. Não gosto de seu futebol, mas para servir de garçom, não está de mau tamanho.

No meio campo, Lampard e Gerrard são imprescindíveis. Craques, sabem jogar em todas as posições (se bobear, são melhores que o Green no gol, rs). Velozes, leves, passadores, marcadores, e finalizadores. Lennon é rapidasso, e me surpreendi vendo Inglaterra e EUA, as jogadas esplêndidas que ele armava, um "craquinho". Barry é consistente na volância, conduzindo com destreza a defesa.

Na zaga, Upson não demonstra segurança. O problema é que Capello está sem Ferdinand, e Upson é o substituto mais próximo. Terry e Glen Johnson são craques. Incontestáveis em suas posições, fizeram excelente partida contra os EUA. Realmente não confio no Ashley. Ele é meio inconstante, sei lá.

Pode surpreender. Mesmo que não esteja no grupo de favoritassos, não deixa de assustar (e, aliás, já repararam que camisa linda a inglesa?).

SERÁ QUE AMARELA DE NOVO?


Não é considerado favorito, mas Portugal pode surpreender. Mesmo assim, não creio que dure muito.

No ataque, Queiroz me surpreendeu ao escalar Danny hoje. Eu esperava Simão, que é titular, junto com Liedson. Ele só entrou no segundo tempo. Liedson é mais craque. Bola pra ele é sinônimo de meio-gol. Não gosto dele, mas, admito, joga bem.

No setor intermediário, Deco, experiente (até demais, rs), não deverá jogar os 90 minutos das partidas. Tiago é seu substituto. Raúl Meireles é meu jogador preferido da seleção. Completo, marca, passa, dribla e chuta excepcionalmente. Se eu comprasse um time aí, contrataria ele primeiro que todos. Cristiano Ronaldo nem precisa falar. Ele não é jogador, está acima a isso, assim como Messi e Kaká. Pedro Mendes exerceu uma boa função de volante hoje, garantiu sua vaga na titular.

Na defesa, Ricardo Carvalho, como sempre, é estável. Quem desconfia de sua capacidade? Bruno Alves, não gosto do seu futebol. Está sempre como reserva em minha avaliação de status. Coentrão é sorte de elitista. Queiroz o chamou por ser um bom jogador, óbvio, mas é titular só porque o Benfica foi campeão.

Não deve surpreender muito. Não passa da Espanha nas oitavas.

NA SEXTA: Grécia e Suíça
NA TERÇA: Itália e Alemanha

Abraços.
Hugs.
Abraços, Gajos.
----

UMA DE OFF:

Que copinha feia. Vi todos os jogos, nenhum que brilhasse. Parece campeonato alemão, tudo chutado.

Postado as 22:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário