2 de julho de 2010

FIM



No primeiro tempo de Brasil x Holanda vimos um jogo muito movimentado, logo no inicio aos 2 minutos uma pequena confusão entre os jogadores, mais nada fora do controle. O Brasil tomou a iniciativa e chegou a marcar rapidamente aos 7, com Robinho, porém muito bem anulado pelo assistente, pois o jogador brasileiro estava em posição irregular. Mais Robinho estava afiado com certeza era seu dia, no lance seguinte aos 10 recebeu passe magnífico de Felipe Melo e com uma categoria pegou a Jabulani de primeira estufando a rede dos holandeses, agora sim 1 a 0 Brasil. A Holanda foi pra cima, e tentou surpreender Julio César, mais o melhor goleiro do mundo não teve muitas dificuldades, pois Robben o principal jogador da Holanda era neutralizado pela forte marcação brasileira. O Brasil quase marcou novamente aos 30, quando Robinho escapou de dois jogadores rolou para Luis Fabiano que tocou de letra para Kaká que bate colocado no ângulo, mais o goleirão Stekelenburg tocou com a ponta dos dedos salvando a Holanda.

Tudo parecia bem, a Holanda estava perdida no primeiro tempo, e tínhamos que continuar jogando bem, porém o Brasil não entrou campo como deveria ter entrado. No primeiro lance vimos Felipe Melo tentar fazer uma firula, e perder a bola quase entregando o ouro. Aos 8 em um lance bobo, quando Sneijder cruzou a pelota na área mais com a falta de comunicação do setor defensivo, Felipe Melo acabou botando a bola para dentro do gol. Com o empate holandês nossa seleção ficou desesperada, e tomou o segundo aos 24 em mais uma jogada de escanteio onde Sneijder subiu sozinho para virar o jogo, sim Sneijder o baixinho de 1,70 virar o jogo. Quando bola entrou certamente os 190 milhões de brasileiros não acreditaram, e todos ficamos desesperados até os nossos representantes dentro de campo. Aos 28 veio a gota d’água quando Felipe Melo cometeu falta normal em Robben, mais acabou dando um pisão criminoso no atacante Holandês e sendo expulso, desnecessário, pra que Felipe?

Desesperados o Brasil foi ataque até o final do jogo, Lucio, nosso capitão como um centroavante nem voltava mais, o único atrás era Juan e Julio, mais fomos afobados e não conseguimos marcar mais futebol é isso mesmo e como sabemos é uma “caixinha de surpresas”, mais temos que bater palmas para os guerreiros que lutaram até o fim, que representaram a nossa nação, Maicon, Lucio, Gilberto, Julio César, Juan, Dani Alves, Kaká, Robinho, Luis Fabiano, Elano, até mesmo Dunga, que para muitos leigos do futebol e um ruim técnico, muito pelo contrario, ganhou tudo que disputou, só faltou conquistar o mundo. O que me encasqueta é a anti desportividade de Felipe Melo e seu pavio curto que nos fez voltar para casa, uma falta de respeito com a seleção brasileira, onde já passaram os maiores craques do futebol mundial. Porém não podemos desmerecer os holandeses que foram valentes e conseguiram o resultado.


Postado as 13h20
Foto/terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário